terça-feira, fevereiro 23, 2016

A POESIA DE RAYMOND RADIGUET, A PINTURA DE THEREZA TOSCANO & PARA SEMPRE LILYA



PARA SEMPRE LILYA – O premiado drama Para sempre Lilya ( Lilja 4-ever, 2002), dirigido por Lukas Moodysson, trata da vida de uma adolescente russa que é abandonada pela mãe que foge com o namorado pros Estados Unidos, aos cuidados de uma tia. Certo dia ela recebe uma carta do Conselho Tutelar e toma ciência de que sua mãe informa na missiva que ela foi uma gravidez indesejada e que abdica dos direitos de mãe. Por conta disso, a jovem foge desesperadamente cheia de hematomas em direção à uma ponte para se suicidar. Esse filme aborda a questão do tráfico humano e da escravidão sexual. O destaque vai para a jovem atriz russa Oksana Akinshina. Veja mais aqui


UM POEMA DE RAYMOND RADIGUET (1903-1923)

SAZÃO

Do bilboquê sou o bastão
Sobre o qual despenca o teu corpo;.
Não é de estranhar que tal jogo
Possa causar-te sensação.

Para de modo conveniente
Satisfazer os teus desejos
- Amor sempre o s quer em aperto –
Dá-me, pequena, o equivalente.

Que meu bastão nele acelere
Os movimentos de ida e volta
Com que teu rabo se conforta
Mas não tua concha de amor.

O sangue inda põe um rubor
Na entrecoxa onde me preferes.

RAYMOND RADIGUET – o poeta e ficcionista francês, Raymond Radiguet (1903-1923), se dedicou à literatura e ao jornalismo logo aos 15 anos e publicou seu primeiro e famoso livro, O diabo no corpo, a história de uma mulher casada que tinha seu marido na frente de guerra, mantendo um romance com um rapaz jovem de dezesseis anos. Este romance valeu a criação de um mito em torno de Radiguet pela sua precocidade genial, com uma obra que gerou um escândalo na França de então, durante a Primeira Guerra Mundial, quando a personagem Marta, que estava com o marido que estava em combate, tornou-se amante de um jovem. Foi publicado dele ainda, o póstumo O baile do Conde de Orgel, também tratando de adultério.

REFERÊNCIA:
PAES, José Paulo. Poesia erotica em tradução. São Paulo; Companhia das Letras, 2006.
RADIGUET, Raymond. Com o diabo no corpo e O baile do conde d´Orgel. São Paulo: Brasiliense, 1985.


Veja mais sobre:
Imprensa Brasileira aqui e aqui.

E mais: 
Friedrich Händel, Pablo Picasso, Karl Theodor Jaspers, Fernanda Seno, Eva Green, Demi Moore, Tom Wesselmann, Soninha Porto & muito mais aqui.
As pernas no Cinema & o Seminário – A relação do objeto, de Jacques Lacan aqui.
As pernas de Úrsula de Claudia Tajes & Mil Platôes de Gilles Deleuze & Félix Guattari aqui.
Marlene Dietrich & Hannah Arendt aqui.
Diálogos sobre o conhecimento de Paul Feyerabend & a poesia de Lilian Maial aqui.
As pernas da repórter Gracinaura aqui.
A tragédia humana de Imre Madách, a música de Pierre Rode, o cinema de Robert Joseph Flaherty, a pintura de Franz West, a arte de Vera Ellen & Anne Chevalier & Sarah Clarke aqui.
Educação, orientação e prevenção do abuso sexual aqui.
Segmentação do mercado na área de serviços aqui.
Das bundas & outros estudos bundológicos aqui.
Aristóteles, Rachel de Queiroz, Chick Corea, Costa-Gavras,Aldemir Martins, Teresa Ann Savoy, José Terra Correia, Fernando & Isaura, Combate à Corrupção & Garantismo Penal aqui.
Presente dela todo dia e o dia todo aqui.
O caboclo, o padre e o estudante, Lendas Nordestinas & Luiz da Câmara Cascudo aqui.
As obras de Gandhi & Programa das Crianças aqui.
Os lábios da mulher amada aqui.
Ritual do prazer aqui.
Funções do superego e mecanismos de defesa aqui.
Memória e esquecimento aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.


CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Imagem: Sedução, da artista plástica Thereza Toscano.
Veja Fanpage aqui & mais aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja os vídeos aqui & mais aqui e aqui.




DRUMMOND, RIMBAUD, LEMINSKI, MARITAIN, GILVAN LEMOS, JACOB DHEIN, GENÉSIO CAVALCANTI, CARIJÓ & SÃO BENTO DO UNA

CARIJÓ, SÃO BENTO DO UNA – Imagem: Céu de São Bento do Una , de Renatinha @Renatalcaet – Carijó, meu amigo, minhas mãos limpas e esta mis...