Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

QUEM, NUNCA APRENDEU A DISCERNIR ENTRE O QUE É E O QUE NÃO É, JAMAIS APRENDERÁ A VOTAR!

INEDITORIAL: QUEM, NUNCA APRENDEU A DISCERNIR ENTRE O QUE É E O QUE NÃO É, JAMAIS APRENDERÁ A VOTAR! - Salve, salve, gentamiga do meu Brasilzão véio, arrevirado e de porteira escancarada! Sei que ninguém está nem aí – pudera, de repente o Brasil virou mais de pernas pro ar do que sempre esteve -, mas devo dizer que daqui mais um dia, a gente tem a obrigação de votar. Ih! Gostando ou não, eu vou. Sei também que ninguém confia mais nos políticos, na justiça, na polícia, nos gestores públicos, nas notícias da imprensa, em autoridade alguma. Também sei que de certeza a gente só tem duas: a primeira é que quando a coisa é pro nosso lado, ah, a lei é inexorável: ou vai, ou racha. Bota pra lascar! A gente que se vire pra sair da enrascada, só penando; e quando é direito da gente, ou é adiado até nunca mais, ou está faltando, ou prescreveu. É danado mesmo: quando vem não tem nem mais graça. A segunda é que a gente só vê neguinho se arrumando, aprontando, burlando e desmandando, avançando sina…

QUANDO A POLUIÇÃO TORNA O AR IRRESPIRÁVEL, A VIDA VAI PRO BELELEU!

INEDITORIAL: QUANDO A POLUIÇÃO TORNA O AR IRRESPIRÁVEL, A VIDA VAI PRO BELELEU! – Salve, salve, gentamiga! As últimas não são lá nada alvissareiras! O alarme dado pela Organização Mundial da Saúde de que nove entre dez habitantes do planeta convivem em ambientes de alta poluição, causados pelo consumo de combustíveis dos motores da indústria, dos veículos e das termoelétricas, foi bastante aterrador. Nossa, alarme desse não é pra deixar passar em branco! E, pelo visto, as providências necessárias viraram necas de pitibiriba. Só ouvidos de moucos. Confesso, deveras, meu desapontamento com a indiferença de todos diante de tal fato. Estamos cada vez mais anestesiados pela insaciável voracidade do consumo e do dinheiro, fechados na redoma do umbigocentrismo, nem se dando conta de que não é só com os outros que acontecem as coisas ruins: o enterro também volta pra nossa banda. E quando o funesto nos envolve, não vai adiantar ficar perguntando o que foi que fez, porque todos nós somos respo…