quinta-feira, março 07, 2013

JOÃO CABRAL DE MÉLO NETO





Só vai na horizontal

Nos mapas em que o mutilaram;
Em tudo é vertical:
Dos sobrados e bueiros da Mata
Até o mandacaru
Que dá a vitalícia banana
A todos que do sul
Olham-no do alto da mandância.
Aquela horizontal
É enganosa, está só nos mapas:
Não diz de sua história
E muito menos de sua casta.
(João Cabral de Melo NetoPernambuco em mapa. In: Museu de tudo. Rio de Janeiro: José Olympio, 1975).

João Cabral de Melo Neto nasceu no dia 9 de janeiro de 1920, em Recife, e faleceu no dia 9 de outubro de 1999, no Rio de Janeiro. Poeta pernambucano foi, também, diplomata brasileiro. Em 1942 lançou seu primeiro livro, Pedra do Sono. O engenheiro, em 1945. O Cão sem plumas, em 1950. O rio, em 1953, quando recebe o Prêmio José de Anchieta do IV Centenário de São Paulo. A sua obra poética reunida em Poemas Reunidos, em 1954. Duas águas, em 1956, reunindo os livros Morte e Vida Severina, Paisagens com figuras e Uma faca só lâmina. Quaderna e, depois, Dois parlamentos, são lançados em 1960. Já em 1961 publica Terceira feira e o Serial. Suas Poesias Completas saem em 1968, quando é eleito membro da Academia Brasileira de Letras. Em 1975 lança Museu de Tudo. Em 1979, A escola das facas. Em 1980 sai a sua antologia Poesia Crítica. Em 1982 publica Auto do frade. Em 1985 lança Agrestes. Em 1987, Crime na Calle Relator, poemas narrativos. Em 1988, sua antologia Poemas pernambucanos. E em 1990, Sevilha andando. Veja mais João Cabral aqui, aqui e aqui




Veja mais sobre:
A mulher nos primórdios da humanidade, Virginia Woolf, Friedrich Engels, Edith Wharton, Maria Polydouri, Sainkho Namtchylak, Paula Picarelli, Inês Pedrosa, Jean-Léon Gérôme, Hanna Cantora & Tudo no Brasil é um parto da montanha aqui.

E mais:
Leolinda Daltro & Todo dia é dia da mulher aqui.
Yamandu Costa, Terêncio, Beaumarchais, Julie Dreyfus, Sharon Tate & Constituição Federal aqui.
Painel das Fêmeas, Lao Zi, O livro dos peixes de William Gould, , a poesia de Heinrich Heine, os contos eróticos de Fabiana Karfig, a música de Sally Nyolo, o cinema de Gaspar Noé, a pintura de Howard Rogers, Musetta Vander, Ação & Inquérito civil aqui.
Sobre a morte e o morrer, Direito Ambiental, Psicologia da Saúde & Poetas do Brasil aqui.
Literatura: modernidade x pós-modernidade aqui.
O trabalho: escravidão, subordinação e desemprego aqui.
Freud, Alan Watts, Erich Fromm, Roland Gori & Eduardo Giannetti aqui.
Poetas do Brasil: Al-Chaer, Marisa Queiroz, José Terra Correia, Vanice Zimerman & Simone Lessa aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra: 
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.




ASCENSO, PAULO FREIRE, REICH, ELIÉZER MIKOSZ, ZWEIG, DIONE BARRETO, EDUCAÇÃO & GINÁSIO MUNICIPAL

O QUE É DE ARTE E CULTURA QUE EU NÃO SEI – Josedácio cometia uns versos brejeiros, coisas de seu; como não tinha escola, era só tirocínio,...