quinta-feira, março 07, 2013

A HISTÓRIA DA MULHER & O FEMINISMO, PSICOLOGIA ESCOLAR & DIREITO DE FAMÍLIA




BREVE HISTÓRIA DO FEMINISMO NO BRASIL – O livro “Breve história do feminismo no Brasil”, de Maria Amélia de Almeida Teles, aborda questões que vão desde a condição da mulher no Brasil Colônia (1500-1822), Brasil Império (1822-1889), a influência internacional, na República, na Segunda República (1930-1964), na Terceira República e o golpe (1964-185), 1968 com a certeza: história e flores, a luta armada e o aprendizado para a mulher, as mulheres da periferia de São Paulo, o Movimento do Custo de Vida, a anistia ampla, geral e irrestrita; 1975 – O ano internacional da mulher, jornal Brasil Mulher, Nós Mulheres e Mulherio; 8 de março – Dia Internacional da Mulher no Brasil, a questão feminista vai além do 8 de março, movimento de luta por creche, sindicato, greve, assunto proibido, a época dos congressos paulistas, o II Congresso da Mulher Paulista, a divisão do movimento, o III Congresso da Mulher Paulista, violência, a trabalhadora rural, a mulher e a Constituinte, saúde, sexualidade, assistência integral à saúde da mulher e os encontros feministas. Veja mais aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

FONTE:
TELES, Maria Amélia de Almeida. Breve história do feminismo no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 2003.




FEMININO/MASCULINO NO IMAGINARIO DE DIFERENTES EPOCAS -O livro “Feminino/masculino no imaginário de diferentes épocas”, organizado por Eloá Jacobina e Maria Helena Kühner, traz a discussão que envolve uma série de palestras e debates do ciclo temático realizado em 1996. Inicialmente traz a questão dos mitos, quando Estrella Bohadana aborda o tema A unidade primordial: perda ou fantasia? Em seguida, no teatro grego, Maria Helena Kühner trata acerca do tema “O espelho em que os rostos se dividem”. Na poesia do Renascimento, Marco Lucchesi traz “As bodas místicas”. No romance do séc. 19, Rachel Gutiérrez traz “O amor sublime e os perigos da paixão”. Em seguida, acerca dos 100 anos de cinema, Moema Toscana aborda “Um espaço para a mulher”. Na música popular brasileira, Eloá Jaconia traz “Letras em canto-cantigas”. Na televisão, Sócrates Nolasco traz “Representações masculinas e femininas”. Nas letras, Eliana Yunes traz “O feminino e a literatura (dita) infantil”. Por fim, na Psicanálise Roberto Bittencourt Martins traz “Vagas divagações em torno de Eva, Adão e seus descendentes”. Obra imperdível.

Fonte:
JACOBINA, Eloá; KÜHNER, Maria Helena. Feminino/masculino no imaginário de diferentes épocas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998.   Confira mais sobre o assunto aqui



PSICOLOGIA ESCOLAR E EDUCACIONAL – O livro Psicologia escolar e educação: saúde e qualidade de vida (Alínea, 2008), organizado por Zilda Aparecida Pereira Del Prette, trata de temas como a teoria, a pesquisa e pratica na interface psicologia-educação, saúde psicológica, sucesso escolar, eficácia da escola, desafios da psicologia escolar no novo milênio, os impasses da educação, a prática do psicólogo na educação, modelos interpretativos da criatividade e alternativas de atuação psicossocioeducativa, habilidades sociais e educação, trabalho infanto-juvenil, a criança em desenvolvimwento, escola pública e significações de professores sobre a escola, saúde do adolescente, entre outros assuntos. Veja mais aqui.

PLURALIDADE DE FAMÍLIA NA UNIÃO ESTÁVEL – Para realizar um trabalho acadêmico sobre esta temática, faz-se necessário abordar as entidades familiares a partir de uma revisão da literatura que compreende os antecedentes históricos e a fundamentação conceitual da família, efetuar a distinção entre a entidade familiar, o casamento e a união estável, tratar sobre o conceito, requisitos e regime de bens no instituto da união estável, os deveres dos coniventes, os princípios normatizadores, observância da obrigação de lealdade e fidelidade, a unidade das reações e as previsões do §1º do art. 1723 do Código Civil. Veja mais aqui.


Veja mais sobre:
Eu te amo no Crônica de amor por ela, Darel Valença Lins, Laura Finocchiaro, Adolfo Sánchez Vázquez, José Craveirinha, Calderón de la Barca, Alejandro Amenábar, Nicole Kidman, Rogério Manjate, A pequena sábia & Fátima Maia aqui.

E mais:
A poesia de João Cabral de Melo Neto aqui.
A poesia veio dos deuses & Patrick Louth aqui.
Responsabilidade civil, dano estético & erro médico aqui.
A família, Entidade Familiar, Paternidade/Maternidade e as relações afetivas aqui.
Literatura de Cordel, Mulher Escandinava, Shaktisangama, Etore Scola, Francisco Julião, Sophia Loren, Jarbas Capusso Filho & Fetichismo aqui.
Paulo Freire: pedagogia do oprimido e da autonomia aqui.
Psicopatologia & Direito Autoral aqui.
A teoria de Erich Fromm & A dialética do concreto de Karel Kosik aqui.
Absolutismo aqui.
O pensamento de Theodor Adorno aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra: 
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.

ARIANO, LYA LUFT, WALLON, AS VEIAS DE GALEANO, FECAMEPA, JOÃO DE CASTRO, RIVAIL, POLÍTICAS EM DEBATE & MANOCA LEÃO

A VIDA NA JANELA – Imagem: conversando com alunos do Ginásio Municipal dos Palmares - Ainda ontem flores reluziam no jardim ornando muros...