segunda-feira, janeiro 07, 2008

A CAMPANHA DO DORO PRESIDENTE DE VENTO EM POPA!!



Doro desde sempre foi o primeiro candidato sem partido declarado à presidência do Brasil - por isso mesmo nunca amealhou porra nenhuma e não teve um voto sequer a seu favor depois que as urnas entraram em vigência. Insistente tanto quanto desorientado, ele pensa que toda eleição é para presidência. E, talvez, não sei, mesmo sabendo que as eleições presidenciais ainda vão ocorrer daqui há uns 3 anos, ele se adianta e pega fogo. Coisa de doido.

PRIMEIRA BOMBA: DORO QUER ACABAR COM O SALÁRIO MÍNIMO.

Para o popular sete-ciências e bacharel das presepadas, Doro, o salário mínimo é uma indecência (isso não é nenhuma novidade, tá chovendo no molhado).
Para ele, cada trabalhador deveria ganhar no mínimo dos mínimos uns R$ 50 mil mensais e vai ganhar isso a partir do dia 1º de janeiro do dia de São Nunca - ou sei lá que dia ele pensa que será empossado -, a sua primeira decisão quando empossado.
Agora a pergunta que não quer calar: como ele conseguirá pagar isso?
Com duas propostas também decretadas no mesmo dia (isso nas caraminholas que rondam endoidamente nos seus miolos de pote):

A primeira: revogar e erradicar todos os pagamentos de salários, jetons, comissões, caixa-dois e outras remunerações para prefeitos, secretários, vereadores, deputados estaduais e federais, senadores, presidentes, ministros e todos os comissionados e dirigentes das autarquias da administração direta e indireta, economia mista e o escambau. Para ele quem quiser ser agente ou gestor públicos tem que ser na base do voluntariado.

A segunda: revogar totalmente toda a estrutura e política tributária, reduzindo todos os impostos a apenas 1 com a alíquota definida em 1% de todas as transações, trambicagens, explorações e comercializações de quaisquer produtos, serviços e atividades que gerem renda ou lucros (inclusive drogas, prostituição, trambicagem, ajeitadinhos e molhamãos, tudo tributado e na fonte pra neguinho sabido nenhum sonegar ou trambicar o Fisco).

Com estas medidas acredita acabar com a corrupção, a sonegação e com a profissionalização da cafajestagem política, possibilitando direcionar suas ações para as prioridades da educação, saúde e segurança de todo cidadão brasileiro (muito embora, acredito, ele não saiba o que é educação, nem saúde nem segurança).

A partir disso, reitera ele que para concorrer e participar de qualquer cargo eletivo na administração pública, seja direta, indireta ou ajeitada, terá que ser por força do voluntariado e sem ganhar um mínimo tostão sequer, quando só estarão representando o povo aqueles que realmente se interessem pelo coletivo e desejam desenvolver a sua vida política pela solidariedade e participação em geral.

Por isso mesmo, vamos aprumar a conversa & tataritaritatá!!!!!! Veja a campanha e plataforma do Doro para Presidente (essa eu quero mesmo ver!?!).



Veja mais sobre O quintal dos milagres, Alexander Pushkin, John Dalton, Juvenal Galeno, Petr Bogatyrev, Sérgio Aragonés, Literatura Infantil, Caspar David Friedrich, Clóvis Salgado, Grupo de Percussão da UFMG & Coral Infantil da Fundação aqui.

E mais:
Sêneca, Aretusa, Reri Grist, Bernadette Peters, Ísis Nefelibata & O amor entre os animais aqui.
Augusto de Campos, Mário Palmério, Fedro, Gioachino Rossini, Dalinha Catunda, Rachel Félix, Jacques Rivette, Ártemis, Olga Peretyatko, Marie McDonald & Greg Williams aqui.
Nascente & Ariano Suassuna, William Faulkner, Anacreonte, Dmitri Shostakovich, Lenio Luiz Streck, David Ives, Robert Bresson, František Kupka, Dominique Sanda, Giovanna Casotto & Literatura Infantil aqui.
De perto ninguém é normal, Thomas Stearns Eliot, George Gershwin, Martin Heidegger, Luis Fernando Veríssimo, Elisa Lucinda, Théodore Géricault, Clara Bow, Sérgio Valle Duarte, Sandra Regina & Literatura Infantil aqui.
Homem X Mulher, Kat Dennings, Damião Metamorfose & as previsões do Doro aqui.
Reengenharia: que droga é nove?, A classificação da humanidade de Gurdjieff, Olivier Reboul, Isaias Pessotti, Gioacchino Rossini, Nelly Miricioiu, Reinaldo Maia, Alfonso Cuarón, Ignacio Zuloaga y Zabaleta, Maribel Verdú, Milo Manara, Administração Financeira & Edna Fialho aqui.
Atração & sedução, Agostino Carracci & as previsões do Doro aqui.


CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Leitora homenageando & parabenizando o Tataritaritatá!
Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.

ARIANO, LYA LUFT, WALLON, AS VEIAS DE GALEANO, FECAMEPA, JOÃO DE CASTRO, RIVAIL, POLÍTICAS EM DEBATE & MANOCA LEÃO

A VIDA NA JANELA – Imagem: conversando com alunos do Ginásio Municipal dos Palmares - Ainda ontem flores reluziam no jardim ornando muros...