sexta-feira, julho 19, 2013

CARSON MCCULLERS, KAPUŚCIŃSKI, SIMIC, RYKIEL & LITERÓTICA.

ESFÍNGICA AMANTE - Lá vem ela esfíngica linda cínica com suas quatro luas. Ela vem toda nua, fuviando, toda minguando, enxerida e na medida do desejo com meu beijo devorador. Ela é o andor porque ela é dos meus olhos. E sou o molho de vento que sopra no seu corpo e sou o fogo que queima sua carne quando a tarde faz rosa e ela ávida cheirosa no cio como um buquê para mim. E assim eu não abro mão e esquento forno, acendo o fogão, quando ela no torno fica em ebulição. E é nossa quebra de braço, no muque levo o terraço, na marra as fagulhas e ela jogando pulha enquanto eu socado dentro dela na maior acromania. Ah, é a maior orgia no nosso gólgota incendiado. E no seu alvo alado, meu bote acerta em cheio. Ela é só esperneio e dá rebote e eu na soieira catando a fagueira e seus vaza-barris, sua teurgia e seu pirangi: corpo delgado de deusa com minha boca na sua correnteza. Aí vira bailarina na marola quando eu entro de sola no seu oásis faustoso, sou mais que guloso e ela fraqueja e é toda andeja por cima de mim. E assim sou eu que mordo a primavera nos seus montes entardecidos. Sou eu renascido que viro fera quando o sol se põe nos seios dela e ela se perde por inteiro no meu fogareiro. E ela desenguiça. E com sua língua maciça tão grata e seus lábios de fêmea nata enxuga meu suor nos poros do meio-dia. A saliva, as suas narinas vivas, meus pelos arrepiados. O seu paladar e o bafo do seu respirar aplicam todos os golpes. Sou maior que o meu tope, viro poeta de todos os panteões com seu nome em todos os poemas, todas as canções. É assim que ela arrasa, eu me dou com ganho de causa. Quer saber de uma coisa? Eu quero mesmo seus olhos como verdadeiros semáforos enlouquecidos. Eu quero mesmo ela bravia enxerida toda ardida e com o gozo vencido. Eu quero mesmo ela inadimplente liquidando a fatura, com toda bravura do amor incontinenti. Eu quero ela linda que dá gosto, nua inteira em pleno agosto a me fazer sua rapadura, lavando a minha secura, metendo as catanas, ai ai, ai, para que seja a minha coisinha tão bonitinha do pai. © Luiz Alberto Machado. Direitos reservados. Veja mais abaixo e mais aquiaqui.

 


DITOS & DESDITOSUm poema é um convite para uma viagem. Assim como na vida, viajamos para ver novas paisagens... A insonia é uma agência de viagens noturna com cartazes anunciando lugares distantes. Dentro da minha garrafa vazia eu construía um farol enquanto todos os outros faziam navios. Poesia: três sapatos desencontrados na entrada de um beco escuro. O silêncio é a única linguagem que Deus fala. Pensamento do poeta e tradutor sérvio Charles Simic (1938-2023)

 

ALGUÉM FALOU - Homens e mulheres são tão parecidos que a mulher deve fazer um esforço intelectual para se diferenciar. alterar o resto, na verdade eu diria que não deve ser alterado. Odeio a palavra feminina! Quero dizer, existe uma mulher e um homem e quando digo "mulher" tudo sugere que ela é radiante, contestadora, fascinante, meiga, demoníaca, exagerada! Feminino me faz pensar em alguém que está bem e mais doze: não gosto disso. Eu sempre tenho muitos aberturas e fendas nas roupas que eu projete. Mesmo dentro dos bolsos para que eu possa escorregar minhas mãos dentro das minhas roupas e tocar minha pele. Eu quero ser capaz de sentir meu corpo nu dentro minhas roupas. Pensamento da estilista e escritora francesa Sonia Rykiel (1930-2016). Veja mais aqui.

 

SÓCIA DO CASAMENTO - [...] Dois é bom, três é demais. É a coisa mais certa que se pode dizer sobre um casamento. Dois é bom, três é demais. [...] Desejava ser um rapaz e ir combater, como Fuzileiro. Pensava em pilotar aviões e ganhar medalhas por bravura. Mas não podia ir para a guerra e isso às vezes a deixava inquieta e triste. Decidiu doar sangue para a Cruz Vermelha; queria doar um litro por semana, porque assim seu sangue estaria nas veias de australianos, combatentes franceses e chineses, no mundo inteiro; seria uma espécie de parente próxima de todos eles. [...]. Trechos extraídos do livro A sócia do casamento (Círculo do livro, 1990), da escritora estadunidense Carson McCullers (1917-1967). Veja mais aqui.

 

NÓS SOMOS SERES HUMANOS - Nós somos seres humanos \ Quando chega o medo, o sono raramente vem. Nem toda a gente pode fazer tudo. \ O marinheiro fala de ventos; o agricultor, de gado; o soldado enumera as feridas. \ Enquanto eu respirar, terei esperança. \ A vida é vigilância. Não há vida na guerra. \ O homem é o lobo do homem. \ No jardim de Beladona nascem as sementes da morte. \ Os resultados das batalhas são incertos. \ Aquele que sabe vencer-se na vitória é duplamente vitorioso \ Tu sabes como vencer, Aníbal, mas não como tirar partido da vitória! \ A única salvação para o conquistado: \ não esperar solução \ Ao sermos conquistados, conquistamos. \ Quem foi que primeiro pegou nas espadas assustadoras? Poema do jornalista, poeta e fotógrafo polonês Ryszard Kapuściński (1932-2007).

 


UM POEMA & UM DEPOIMENTOCAVALGADA - AH, minhas mãos a passearem no teu corpo lentamente, \ Desnuda, arrepiada de desejo antegozando o prazer, \ Nosso olhar embriagado de cobiça, luxúria tão fascinados, \ Eu cavalgando qual delirante amazona a te ensejar a visão ansiada.\ Ah cavalgada encantadora e deleitosa rumo ao paraíso prometido, \ Gemidos de deliciosa aflição a ecoar no ar, plangente e alucinado, \ Nossos corpos trêmulos, entrelaçados em dança afrodisíaca e libertina, \ Teu pênis inchado a mergulhar em tua fonte quente e enlouquecida. \ Ah a cavalgada, tu seduzido pela visão de meus seios duros e intumescidos, \ Meus glúteos a dançarem lascivos em esplêndida sensualidade a te ensandecer, \ E o éden ultrapassado na luxúria esplêndida de nossa alcova de prazeres, \ Enquanto chegamos ao gozo na inconsciência do orgasmo pleno e exuberante. \ A cavalgada chegando ao seu destino, nós abraçados tão docemente, \ Tu a sentires meu corpo trêmulo e vibrátil a te apertar ternamente, \ E renovados, ardentes, excitados ansiando pelo prazer que se aproximava, \ Tua a penetrar-me delirantemente , o esperma a regar meu corpo exultante. DEPOIMENTO - Você já me arrebenta de tesão, imagina, nossa! Todinha sua e realmente nosso mundo. Quero loucamente que me devasse até chegar às entranhas e tome conte de tudo que é meu. Maravilha sentir seu pênis, “o que é meu” passar a minha língua e poder chupá-lo deliciosamente sentindo já o suco que se desprende de prazer e satisfaz a minha gula. Ah, sentir você me beijando todinha e eu poder acariciá-lo da cabeça aos pés. Quero ficar mole de tanto prazer esperando mais e mais e suas mãos me tocando e seu corpo colado ao meu. Ah, como sempre relembro aqueles dias maravilhosos e agora será mais intenso ainda. Sim, nós já nos vimos, tocamos, fodemos e gozamos, gostamos e desejamos ainda mais. Sentimos todos os dias essa loucura de paixão e então agora quero me sentir mesmo encurralada de tanto prazer, entre mil orgasmos e podendo sentir as portas do éden. Quero lhe pagar tudo isso, mas não pense que você também não vai pagar. Vai pagar tudinho. Como desejo que você me pegue! E quanto! Teu tesouro ereto a me fazer gemer, \ Esquecida de tudo que não seja esse momento, \ Encanto, ternura, desejo, amor a se misturarem, \ Nessa união que nos torna únicos eternamente. Poema & depoimento da escritora Vânia Moreira Diniz. Veja mais aqui.

 

PROGRAMA DOMINGO ROMÂNTICO – O programa Domingo Romântico que vai ao ar todos os domingos, a partir das 10hs (horário de Brasilia), é comandado pela poeta e radialista Meimei Corrêa na Rádio Cidade, em Minas Gerais. Confira a programação deste domingo aqui. Na edição deste 21 de julho, a partir das 10hs na Cidade FM 87,9, , traz as comemorações de mais de 3 mil membros no grupo do programa no Facebook com muitas atrações, confira: Silviane Bellato, Milton Nascimento, Yes, Ivan Lins, Djavan, Geraldo Azevedo, Elton John, Elis Regina, Fatima Guedes, Danilo Caymmi, Marina Lima, Adriana Calcanhoto, Bon Jovi, Ela Ramalho, Tunai, Scorpion, Caetano Veloso e Maria Gadú, Diana Pequeno, Legião Urbana, Ivete Sangalo, Rosa Passos, Tetê Espíndola, Sonia Mello, Mirianês Zabot, Junior Almeida, Mazinho, Cambada Mineira, Clara Redig, Katya Chamma, Elaine Kundera, Cikó Macedo, Zé Ripe, Tatiana Cobbet & Marcoliva, Zé Linaldo, João Pinheiro, Cantor Pitanga, Robson Gomes, The Korgis, B. J. Thomas, Commodors, Bread, Richard Marx, David Gates, Leo Sayer, Steve Feldman, Abba &  muito mais! Participe, comente, curta online & abrilhante a nossa festa neste 21 de julho, na programação da Cidade FM 87,9, a partir das 10hs. Veja mais aqui.


SERVIÇO:
O que? Programa Domingo Romântico.
Quando? Neste domingo, 21/07, a partir das 10hs.
Apresentação Meimei Corrêa.
Veja outras edições do Domingo Romântico.


Veja mais sobre:
Aijuna, o mural dos desejos florescidos aqui.

E mais:
Crônica de amor por ela aqui.
O Recife do Galo da Madrugada aqui.
Utopia, Charles Dickens, Alfred Adler, Carybé, Rogério Duprat, Hector Babenco, Sonia Braga & Tchello D’Barros aqui.
A psicanálise de Karen Horney & o papo da tal cura gay aqui.
A hipermodernidade de Gilles Lipovetsky & a trajetória Tataritaritatá aqui.
Três poemetos da festa de amor pra ela aqui.
Poetas do Brasil aqui, aqui e aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA;
Veja mais aquiaqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra:
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja os vídeos aqui & mais aqui e aqui.



TAJA KRAMBERGER, LÍDIA JORGE, HILARY PUTNAM & NORDESTE

  Imagem: Acervo ArtLAM . Ao som dos álbuns Source (2014) e Upstream (2019), do grupo Dreisam – “ Triângulo perfeito, nada geométrico, ...