sábado, junho 29, 2013

JUANA RAMOS, JOAN DIDION, CARRÈRE, BAUERMEISTER, DANTO & LITERÓTICA.

TRÊS POEMETOS – I – FESTA: Bebo do seu caldo toda vez que minha língua insone lambe sua alma entre as pernas com os sabores de vida. E ela madeira que me faz seu cupim se espreme nua como quem canta na voz de Joyce todos os seus desejos, como quem levita insaciável trepadeira, que enlouquece como uma Rita Lee fuviando no cio e eu descascando a Maria-sem-vergonha que se mija toda no orvalho da noite e que me banha com sua baba iluminando o meu sexo que se enfia pelas corredeiras e curvas e quebradas de sua nudez em festa para o meu prazer. E errante afoito eu vou por suas ruas, montes, dorso, púbis e infernos e sou mais que deus no sacrifício do seu ventre anímico. II - ESSA CARNE: Essa carne é o meu repasto: glória e ressurreição. É onde eu me satisfaço e faço história de ódio e paixão. É nessa carne que eu vou do céu ao inferno, de verão a inverno só para me salvar. É nela a minha eucaristia com nossa sintonia e a vida fora do ar. Essa carne é a minha crença: divina presença de sagrado louvor. Porque ela é minha doce bailarina que me salva e ilumina e me esconjura sem nexo crucificada em meu sexo e me faz qualquer um. É meu desjejum, santa profanada que pira agarrada em mim e me faz seu senhor, assim, seu penhor para que eu entenda e receba a oferenda na pira do amor. III – VIAGEM: É neste corpo que sou um dos irmãos Montgolfer pelos confins das galáxias com o teodolito no alvo, maior rolê por ai. É neste corpo que navego todas as águas de mares e rios, todos os sabores apetecíveis dos pomares e culturas do paladar, todas as terras de todos os continentes e todos os recantos planetários. É neste corpo que vôo na direção do vento de todas as grandes alturas das atmosferas, de todas as camadas superiores do universo e de todas as camadas inferiores da terra. É neste corpo que eu vivo porque significa a vida para mim. © Luiz Alberto Machado. Direitos reservados. Veja mais aqui, aquiaqui.

 


DITOS & DESDITOS - Descobrir o que eu sei e o que eu quero é a razão pela qual pinto... Eu apenas segui um impulso interior para expressar o que ainda não existia, na realidade ou no pensamento... Fazer arte foi mais um processo de descoberta e busca do que um conhecimento... Pensamento da artista alemã Mary Bauermeister (1934-2023).

 

ALGUÉM FALOU - Eu escrevo inteiramente para descobrir o que estou pensando, o que estou olhando, o que vejo e o que isso significa. O que eu quero e o que eu temo. Pensamento da escritora estadunidense Joan Didion (1934-2021). Veja mais aqui e aqui.

 

ALÉM DA BRILLO BOX – [...] Deus terá que assumir as particularidades dos gêneros, e sujeitar-se à dor passando pelas agonias redentoras da narrativa cristã: como encarnado ele deve começar tão desamparado como todos nós quando nascemos – famintos, molhados, sujos, confusos, contorcidos de cólica, chorando, balbuciando, babando, e totalmente dependentes... [...]. Trecho extraído da obra Beyond the Brillo Box (Farrar Straus and Giroux, 1992), do filósofo e crítico de arte estadudinense Arthur Danto (1924—2013). Veja mais aqui e aqui.

 

LIMONOV – [...] Aquela aterradora sessão fez com que perdesse a vontade de reencontrar os velhos amigos. Como fez bem, quinze anos antes, em deixar sua convivência! Como o detestam por tê-lo feito! Enquanto ele lutava pela sobrevivência no front ocidental, eles ficavam marinando em seu desconfortável conforto, protegidos pela placa de chumbo da amarga consciência de sua mediocridade. [...]. Trecho extraído da obra Limonov (Alfaguara, 2013), do escritor e roteirista francês Emmanuel Carrère, um romance biográfico baseado na vida de Eduard Limonov, um político russo e figura da oposição, além de poeta e romancista.

 

EPÍLOGO: PARA MEU PAI - Com seu rádio \ no final do corredor, \ uma cadeira de rodas que cava \ na sua saudade, \ a dos dias corridos, \ das saudações \ no meio da avenida. \ Reviva outros tempos, \ contemple \ o pátio \ que se fez \ dia após dia. \ Vejo-o \ de uma distância \ que chamei \ de prudente. \ Olho para ele curvado, \ a mão esquerda \ segurando o queixo, \ o dedo indicador trêmulo, \ indício de uma doença \ que começa a dominá-lo. \ Seu visual deficiente, \ já em declínio, \ passa pelos óculos que usou pela primeira vez.\ há mais de uma década. \ Lentamente espanta \ uma mosca da testa, \ à esquerda um mosquiteiro \ esconde um ser \ consumido \ que só balbucia. Duas mendigas lambuzadas de abandono \ interrompem o corredor. \ Ele gesticula, leva o rádio ao ouvido, boceja e inclina a cabeça até adormecer. \ Ouça passos ao longe, abra bem os olhos. Estende a mão fria e suada, põe melhor cara, encontra o melhor sorriso, põe-no pouco a pouco no rosto quando se vê invadido/ pela minha presença. Poema da professora e escritora salvadorenha Juana M. Ramos.

 

PROGRAMA DOMINGO ROMÂNTICO – O programa Domingo Romântico que vai ao ar todos os domingos, a partir das 10hs (horário de Brasilia), é comandado pela poeta e radialista Meimei Corrêa na Rádio Cidade, em Minas Gerais. Confira a programação deste domingo aqui.

VIVA SÃO PEDRO NO PROGRAMA DOMINGO ROMÂNTICO!!!!!! – Na programação superespecial as seguintes atrações: Alceu Valença, João Guimarães Rosa, Marisa Monte, Chico Buarque, uma homenagem a Chiquinha Gonzaga com Marco Aurélio Xavier, Caetano Veloso & Milton Nascimento, Sarah Vaughan, Nana Caymmi, Djavan, Ivan Lins, Zezé Motta, Paula Santoro & Guinga, Dado Villa-Lobos & Paula Toller, Legião Urbana, Flávio Venturini, Michelle Branch & Carlos Santana, Titãs, Dalida, Simony, Renato e seus blue caps, Sonia Mello, Roberto Toledo, Ana Moura, Renato Motha & Patrícia Lobato, Junior Almeida, Luciana Soler, Lucinda Prado & Ana Fumian & Adalton Miguel, Zé Ripe, Santanna o Cantador, Wilson Monteiro & muito mais! Tudo isso e muito mais no programa Domingo Romântico deste 30 de junho, na programação da Cidade FM 87,9, a partir das 10hs. Veja mais aqui.

SERVIÇO: O que? Viva São Pedro no Programa Domingo RomânticoQuando? Neste domingo, 30/06, a partir das 10hs. Onde? Cidade FM Apresentação Meimei Corrêa.

Veja outras edições do Domingo Romântico .


Veja mais sobre:
Alvorada na Folia Tataritaritatá, Pablo Neruda, João Ubaldo Ribeiro, Egberto Gismonti, Capiba, Ricardo Palma, Tsai Ming-liang, Cristiane Campos, Fernanda Torres, Chen Shiang-Chyi, Revista Germina, Digerson Araújo, Asta Vonzodas & O cérebro autista aqui.

E mais:
Georg Trakl, Paul Auster, Sarah Kane, Gertrude Stein, Felix Mendelssohn, Woody Allen, Gil Elvgren, Marion Cotillard & Big Shit Bôbras aqui.
Ginofagia & as travessuras do desejo na manhã aqui.
Rio São Francisco: Velho Chico, Turíbio Santos, Cláudio Manuel da Costa, Lampião de Isabel Lustosa, Ítala Nandi, Hugo Carvana, Paulette Goddard, Natalia Goncharova, Música & Saúde aqui.
Penedo às margens do Rio São Francisco aqui.
Simone Weil, Simone de Beauvoir, Emma Goldman, Clara Lemlich, Clara Zetkin & Tereza Costa Rego aqui.
O homem ao quadrado de Leon Eliachar aqui.
Febeapá, de Stanislaw Ponte Preta aqui.
Poetas do Brasil aqui, aqui e aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA;
Leitora Tataritaritatá!!!!
Veja mais aquiaqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra:
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja os vídeos aqui & mais aqui e aqui.

 

NATALIE GOLDBERG, ANA MARÍA RODAS, HELEIETH SAFFIOTI, HOMENS & CARANGUEJOS

    Imagem: Acervo ArtLAM. Ao som da Fantasia Sul América para violino solo (2022), do compositor Cláudio Santoro; do Canto dos Aroe (20...