sexta-feira, outubro 04, 2013

SORE SNID BERRÍO, STEFANIE ZWEIG, BLAKE, SAVIANI &LITERÓTICA


PRESENTE DELA TODO DIA E O DIA TODO - O seu amor, ela me dá. Nuínha em flor? Mas, tá! E toda mandona, de tudo pidona porque tudo dá. O seu sorriso, ela me dá. Ô coisa linda da gente endoidar. É maior que a vitória que se possa ganhar. Maior que bolada que se quer premiar. Destá.O seu carinho, ela me dá. E faz burburinho preu não me aquietar. Ô bicha danada, arteira, que diz que não presto pra nada, que sou porqueira e em mim faz sua pirãozada, faz a sua feira. Isso porque ela é dona e quer sempre mais. E me quer na sua cona todo cheio de gás. Depois vira a Madona toda brincalhona de frente pra trás. O seu beijo, ela me dá. Quando vai lá e me traz a luz do dia. Faz que vai lá no cais e minha vida arrodia só pra fazer diferente no meio da noite quente quando a gente se arrepia. É quando sou seu quibebe, ela minha abóbora. Atrepada ou de cócoras, ela mata minha sede e a gente se irradia. É muito demais, coisa de arrasar. Tudo ela me dá. aniversario sempre porque todo dia ela me de dá tudo dela de presente.© Luiz Alberto Machado. Direitos reservados. Veja mais aquiaqui.

 


DITOS & DESDITOS - A arte só pode ter um mínimo de glória se se revestir de dignidade, que é uma espécie de caráter que dá sustentação à forma e ao conteúdo da atividade artística.Esse caráter, que não deve ser confundido com o caráter do próprio artista, é a sinceridade e a verdade que o artista consegue imprimir na obra que realiza... Pensamento da escritora Arlete Nogueira da Cruz, autora das obras A parede (1961), As cartas (1969), Compasso binário (1972), Canção das horas úmidas (1973) e Litania da velha (1995), entre outros, que na obra Trabalho Manual (1998), expressou que: Ó pequenos deuses, homens e poetas, aqui está quem, de vestido, empunha alto a sua tristeza também! Quem desterra uma queixa, confessando que cada saudade é uma possibilidade que perdemos de estar juntos. E não é o meu vestido que abafa, envolvendo, o meu destino. Mas é o meu destino que aumenta, alargando, o meu vestido. Não é o mesmo que dizer sair com o vestido, reivindicando um lugar, mas reconhecê-lo como minha indumentária, o manto que será também tapete e véu.

 

ALGUÉM FALOU: Os sonhos são as sementes da mudança. Nada cresce sem uma semente e nada muda sem um sonho... Pensamento da cantora, atrz e escritora estadunidense Debby Boone. Veja mais aqui.

 

CASAMENTO DO CÉU E INFERNO – [...] Se as portas da percepção fossem desobstruídas, cada coisa apareceria ao homem como ela é, infinita. [...]. Trecho extraído da obra O matrimônio entre o céu e o inferno (Iluminuras, 1987), do poeta, tipógrafo e pintor inglês William Blake (1757-1827). Veja mais aqui e aqui.

 

PEDAGOGIA CRÍTICA - [...] o ato de produzir, direta e intencionalmente, em cada indivíduo singular, a humanidade que é produzida histórica e coletivamente pelo conjunto dos homens. Assim, o objeto da educação diz respeito, de um lado, à identificação dos elementos culturais que precisam ser assimilados pelos indivíduos da espécie humana para que eles se tornem humanos e, de outro lado e concomitantemente, à descoberta das formas mais adequadas para atingir esse objetivo. [...]. Trecho extraído da obra Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações (Autores Associados, 2008), do filósofo e pedagogo Dermeval Saviani, que noutro de seus estudos Antecedentes, origem e desenvolvimento da pedagogia histórico- crítica (Autores Associados, 2011), expressou que: [...] o papel da escola não é mostrar a face visível da lua, isto é, reiterar o cotidiano, mas mostrar a face oculta, ou seja, revelar os aspectos essenciais das relações sociais que se ocultam sob os fenômenos que se mostram à nossa percepção imediata [...]. Veja mais aqui e aqui.

 

PROFESSOR & ESCOLA – [...] Respeitar o ser humano, eis uma verdadeira exigência moral, que a mim parecia, jamais seria posta em dúvida. E nada mais contrário a isto, nada mais desumano, nada mais grotesco, que limitar as possibilidades de uma criança, candidata que é à plena humanização, na medida em que, ao invés de lhe impormos o ritmo e o conteúdo de seu tempo, abandona-mo-la ao sabor dos primitivos mecanismos de que a natureza a dotou. Como sabemos – e parece que todos sabemos, porque todos afirmamos que o homem é um ser histórico – não somos naturalmente humanos. A produção de um homem é uma árdua e penosa tarefa: ela supõe uma luta ingente contra tudo o que há de natural e espontâneo no indivíduo; ela supõe o lento, difícil e doloroso aprendizado da forma civilizada de ser. A se acreditar na geração espontânea da condição humana, não teríamos ainda nos distanciado da vida simiesca; a se respeitar o ritmo natural da criança, não teríamos ainda saído da infância da humanidade; e, a se respeitar uma pretensa criatividade natural da criança não se teria exposto à disciplina e não se teria jamais produzido, no seio da humanidade, a criatividade extraordinária que tornou sublimes homens como Mozart e Da Vinci. Sequer aspiramos que todos tenham o porte de um Homero, de um Shakespeare, nos basta que não sejam decadentes, que sejam razoavelmente sábios, judiciosos, competentes. Para isso sabemos o quanto de sacrifício, de disciplina, de estudo e de trabalho é necessário. [...]. Trechos extraídos do artigo O professor decreta o fim da escola (Revista Intermeio, 1995), da professora Lígia Regina Klein, autora da obra Alfabetização: Quem tem medo de ensinar? (Cortez, 1996). Veja mais aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

 

UM LUGAR NA ÁFRICA - [...] Agora é quando você deve aprender a distinguir as coisas importantes daquelas que não são. [...] É melhor falar o menos possível sobre seus planos. Você não sabe mais aonde uma conversa pode levá-lo ou o que pode esperar das pessoas que conheceu durante toda a sua vida. [...] O que a voz interior diz não decepciona a alma esperançosa. [...]. Trechos extraídos da obra En un lugar de África (Maeva, 2012), da escritora alemã Stefanie Zweig (1932-2014).

 

TRES POEMAS - PELE DO POETA – Vivi nesta toca que abriga a todos e uma busca no corredor de dois sacrifícios \ ruminando nas entradas próximas ao esterco \ Algumas baratas vieram provar meu exílio \ Tive um sonho onde andava apertando à força \ um bastão em forma de cogumelo \ e chovendo flores de lótus como lágrimas \ Há terra acima de mim e abaixo de mim \ Para acordar todos os dias, \ devo cavar com os dedos a terra de dois olhos. \ Pelas paredes corremos rostos que vêm fazer seu concerto \ sem palavras \ Intenção de ouço música \ Um choque na areia \ Tremo faço abismo E começo a girar. IMOLAÇÃO DA PELE - Deixa-me descansar em ti em teu olhar \ Quero que descubras o céu dos caídos\ Deixa-me o último suspiro de cada orgasmo\ Incinera a tua alma e me presenteia com as cinzas\ Entrega-te a meus segredos de luxúria\ Empresta-me teu corpo para imolar meu desejo. A PAZ É MULHER - A Paz é mulher que respira \ e essa inalação guarda o ar que nos contém.\ Ela\ com seu clitóris aberto no amanhecer da alucinação\ nos faz andar descalços pelas arestas da morte\ flertando com esperança.\ Suas mãos são de montanha e gente\ Seu fogo reflete a dança dos dias entre as ideias que emergem.\ É ventre que se embala em ziguezague\ Cordão de prata que nos conecta\ Somos enquanto ela existe\ Verde é o seu corpo que dança entre o possível\ Trânsito é o seu sorriso de água sobre as rochas\ A paz é mulher nômade\ agitando o néctar entre os sulcos que dividem\ para abrir caminhos\ descongelar o corpo\ dilatar a mente \ e enlaçar a pele ao ritmo. Poema da poeta, artista plástica e tatuadora colombiana Sore Snid Berrío, co-fundadora do Grupo Juglares del Sueño.

 

PROGRAMA DOMINGO ROMÂNTICO – O programa Domingo Romântico que vai ao ar todos os domingos, a partir das 10hs (horário de Brasilia), é comandado pela poeta e radialista Meimei Corrêa na Rádio Cidade, em Minas Gerais. Confira a programação deste domingo aqui. Na edição deste 06 de outubro, as comemorações de 8 anos do Programa e do Tataritaritatá com muitas atrações, confira: George Harrison, Almir Sater & Renato Teixeira, Lenine, Joyce, Yes, Milton Nascimento, Maria Rita, Ivan Lins, Marisa Monte, Gonzaguinha, Jorge Vercilo, Klieton & Kledir, Wando, Marina Lima, Jane Duboc, Ivete Sangalo & Dominguinhos, Djavan, Chico Cesar, Fagner, Adriana Calcanhoto, Maria Bethânia, Willie Nelson, Rosa Maria, Luiz Melodia, Beto Guedes, Zélia Duncan, Diana Pequeno, Gal Costa, Titãs, João Pinheiro, Juarez Correya, Jozi Lucka, Adryanna BB, Glaucia Nahsser, Jucimar Siqueira Mazinho, Angela Carlos, Julia Cristal, Jorge Medeiros, Lúcia Helena Corrêa, Ricardo Machado, Tirso Florence de Biasi & Projeto TFB Band, Ju Mota, Daniella Alcarpe, & muito mais! Participe, comente, curta online & abrilhante a nossa festa neste 06 de outubro, na programação da Cidade FM 87,9, a partir das 10hs. Não deixe de participar para concorrer a diversos prêmios: CDs, DVDs, livros & um tablet. Confira o programa e concorra a prêmios. Veja mais aqui.



SERVIÇO:

O que? Programa Domingo Romântico.

Quando? Neste domingo, 06 de outubro , a partir das 10hs.

Onde? Cidade FM 

Apresentação Meimei Corrêa.

Veja outras edições do Domingo Romântico .


Veja mais sobre:
Maria Callas, Psicodrama, Gestão de PME, Responsabilidade Civil & Acidentes de Trabalho aqui.

E mais:
Arte & Entrevista de Luciah Lopez aqui.
Psicologia Fenomenológica, Direito Constitucional, Autismo, Business & Marketing aqui.
Big Shit Bôbras, Zé Corninho & Mark Twain aqui.
Abigail’s Ghost, Psicologia Social, Direito Constitucional & União Estável aqui.
Betinho, Augusto de Campos, SpokFrevo Orquestra, Frevo & Rinaldo Lima, Tempo de Morrer, The Wall & Graça Carpes aqui.
O cinema no Brasil aqui.
Dois poemetos em prosa de amor pra ela aqui.
Agostinho, Psicodrama, Trabalhador Doméstico, Turismo & Meio Ambiente aqui.
Dois poemetos ginófagos pra felatriz aqui.
Discriminação Religiosa, Direito de Imagem, Direito de Arrependimento & Privacidade aqui.
A minissaia provocante dela aqui.
Princípio da probidade administrativa aqui.
O alvoroço dela na hora do prazer aqui.
Canção de Terra na arte de Rollandry Silvério aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA;
Leitora Tataritaritatá
Veja mais aquiaqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra:
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja os vídeos aqui& maisaqui e aqui.



TAJA KRAMBERGER, LÍDIA JORGE, HILARY PUTNAM & NORDESTE

  Imagem: Acervo ArtLAM . Ao som dos álbuns Source (2014) e Upstream (2019), do grupo Dreisam – “ Triângulo perfeito, nada geométrico, ...