domingo, dezembro 29, 2013

LAUREN CHILD, SILVIA GUERRA, JAPPE, SABATINI & LITERÓTICA.


A RAPIDINHA PRO PRAZER DELA - Toda sexta-feira, meio-dia em ponto, ela chega do trampo toda avexadinha. Logo desalinha a me soltar corda na vontade que engorda com sua boca cangula. E me abocanha com gula, me agarra e me beija, começando a peleja no maior pega-pega. Ela esfola e se esfrega enquanto se despe. E eu com a peste a romper seus atalhos, me apegando ao seu talho, a maior sopa quente. Tudo bem rente na sua carne guisada pras minhas dentadas e pro meu repasto. Eu vou de arrasto arrancando a calcinha, o sutiã e a blusinha, tudo jogado. E começo o impado enchendo a pança com folia e festança de cabo a rabo. Não há menoscabo, inteira tigela. Ela que se escalpela aos grandes bocados. Eu viro ajegado quando o beijo debréia, eu pulo na boléia da sua caçarola. Ela cai de gabola e me faz seu cambão, acende a ignição a toda voltagem. Pego bigu na viagem e engato a primeira, ela enverga a traseira e me deixa tantã. E vou tal bambambam botando a segunda no rego corcunda do seu cardam. E arreia no divã toda fagueira, eu sacudo a terceira a lhe dar o que falta. E mais se engata, balança a rabeira e de forma matreira sacudo na quarta. Pra ela não basta, acelero pra quinta, ela quer mais a pinta e eu mais atolado. Bem mais que socado no seu labirinto, ela quer mais meu pinto, quer toda bilôla. Porque não é tola ela fica sapeca na minha munheca e o mundo pega fogo. Isso vai só no rodo da maior safadeza. E com toda esperteza atrepo o seu capô com cheirinho de fulô no fundo do prato. Como desiderato tomo a dianteira, ela vira farofeira, se lambuza demais. E não se satisfaz, de ré me atenta, quando se arrebenta, toda disminliguida. E como é sabida me dá seu roçado que ancho e tão pabo eu mato a pau. Já me faz seu mingau e seu acostamento, a reta é o firmamento, odisséia sem fim. Provo o seu bocadim pelo escape aprumando o tacape pelos catabis. Atravesso o menir quando ela odalisca se vira e se arrisca e chora na rampa. Eu atiro às pampas sem protocolo e a trago pro meu colo amolegando seu seios. Eu desço sem freio ladeira abaixo, seu chassi eu encaixo no maior xambrego. E nesse brinquedo está emboscada, até sentir a varada no bocal da quartinha. E mais quero mais minha e arregaço o tareco dentro do caneco aos golpes fustigantes. É mais minha amante, fêmea vezes mil, minha puta servil, linda meretriz. Não faz o que diz se entregando inteira, maior quenga rameira cheia dos ardis. E goza o que quis com a carinha mais lisa onde o olhar só reprisa a gente numa conchinha feliz. © Luiz Alberto Machado. Direitos reservados. Veja mais aquiaqui.

 


DITOS & DESDITOS - Se quisermos evitar que a cultura seja completamente absorvida pela economia - e o desejo de evitar este destino ainda é, apesar de tudo, bastante comum -, teremos de começar por admitir a existência de uma diferença qualitativa entre os produtos da indústria do entretenimento e uma possível «cultura autêntica», admitindo por isso a possibilidade de julgamento qualitativo, e não puramente relativo e subjetivo. Pensamento do filósofo e ensaísta alemão Anselm Jappe.

 

ALGUÉM FALOU: Um homem às vezes deve rir de si mesmo ou enlouquecer... Poucos percebem isso. É por isso que existem tantos loucos no mundo... Pensamento do escritor italiano Rafael Sabatini (1875-1950). Veja mais aqui.

 

OLHE NOS MEUS OLHOS - [...] Todo mundo sempre pensa que é o mocinho [...] Você pode perder muito num piscado de olhos [...] Há sempre a chance de que alguém, em algum lugar, esteja observando você. [...] Muitas pessoas não vêem o que está bem na frente de seus olhos. [...] Diga uma mentira e prepare-se para contar muito mais. [...] Não espere muito para ser resgatada, senhora – você pode ultrapassar o prazo de validade [...]. Trechos extraídos da obra Look Into My Eyes (Hardcover, 2011), da escritora inglesa Lauren Child.

 

DOIS POEMAS - I - Colete-me de sua anêmona carnal voluptuosa em verde apaixonada me tranca com você naquele mar fervoroso no salgado, persistente por si mesmo indo e vindo, escurecendo a maré em transparência escura arrastando todas as coisas do mar cheirando a sal, impregnado de verde transparência. Como você, anêmona flexível voluptuoso, marrom e sem sentido no que aparente me esconda com você em sua beleza móvel, verde escuro, acostumado. II – Ela é uma garota na beira da fonte que coloca pétalas na água. Uma pétala, outra pétala Um malvón desfolhando outro malvón. Um dia distante, daqui a muitos dias talvez ela esteja sentada em outro lugar e veja para outra garota que em sucessão interminável sente-se à beira de outra fonte e coloque outras pétalas de outras malvones na água. Então, talvez, remotamente, uma pedra despeje em sua memória Algo muda de lugar e por um estranho ramo de ar lembre-se sentado em uma fonte distante colocando pétalas na água de alguns malvons com esse mesmo cheiro de repente. Poemas da escritora uruguaia Silvia Guerra.

 

PROGRAMA DOMINGO ROMÂNTICO – O programa Domingo Romântico que vai ao ar todos os domingos, a partir das 10hs (horário de Brasilia), é comandado pela poeta e radialista Meimei Corrêa na Rádio Cidade, em Minas Gerais. Confira a programação deste domingo aqui. Na edição deste 29 de dezembro, muitas comemorações: de mais de 300 mil do blog Tataritaritatá e a festa de Ano Novo de mais 4 mil membros no grupo do programa no Facebook, com muitas atrações, confira: Isaac Karabtchevsky, Lêdo Ivo, Egberto Gismonti, Paul McCartney, Carlos Drummond de Andrade, Tom Jobim, Lima Duarte, Pink Floyd, José de Abreu, Toquinho, Eliane Elias, Jamiroquai, Rita Lee, Mauricio Tapajós & Aldir Blanc, Ivan Lins, Zé Ramalho, The Fevers, Gonzaguinha, Guilherme Arantes, Djavan, Lenine, Elis Regina, Nana Caymmi, Simone, Sandra de Sá, Zélia Duncan, Fafá de Belém, Wanessa Camargo, Cassia Eller, The Dramatics, Sonia Mello, Chico de Assis, Mácleim, Fabio Rabin, Ruy de Assis, Sonekka, Benedito Pontes, Mauro Henrique Salles, Ju Mota, Robson Gomes & muito mais!!!!! Participe, comente, curta online & abrilhante a nossa festa neste 29 de dezembro, na programação da Cidade FM 87,9, a partir das 10hs. Veja mais aqui

SERVIÇO:
O que? Programa Domingo Romântico Especial de Amo Novo
Quando? Neste domingo, 29 de dezembro, a partir das 10hs.
Onde? Cidade FM 
Apresentação Meimei Corrêa.
Veja outras edições do Domingo Romântico .


Veja mais sobre:
A Uiara do Jaraguá aqui.

E mais:
Quebra de Xangô, Yulia Gorodinski, Relacionamentos Afetivos, Psicologia Jurídica & Criminologia aqui.
Deusa Vesta, Daniel Goleman & Foco, Crimes Tributários, Psicologia & Pesquisa aqui.
Gilles Deleuze & Félix Guattari, Peter Gabriel, Catarina Eufémia, Sam Mendes, Vicente Caruso, Mena Suvari, O Rádio & Radiodifusão, Psicopatologia & Memória, Sandra Fayad & Janne Eyre Melo Sarmento aqui.
Direito Ambiental aqui.
Tolinho & Bestinha: quando a lei do semideus é cachaça, tapa e gaia aqui.
Psicopatologia & Orientação, Psicologia Jurídica & Agências Reguladoras aqui.
A festa no céu do amor aqui.
A Utopia de Thomas More aqui.
Dois poemetos em prosa de amor pra ela aqui.
Psicopatologia & Atenção, Psicodrama & Crimes contra a administração pública aqui.
A contenda do amor aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA;
Art by Ísis Nefelibata
Veja mais aquiaqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra:
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja os vídeos aqui & mais aqui e aqui.




STELLA NYANZI, NASTASSJA MARTIN, AGUSTINA BAZTERRICA & SEMANA HERMILO

    Imagem: Acervo ArtLAM . Ao som dos álbuns Liszt: Piano Sonata & other works (Hyperion Records, 2015), Bach: The Art of Fugue (Hy...