domingo, fevereiro 21, 2016

SIMULACROS



SIMULACROS – (Imagem: The Moonlit Night, da artista plástica e fotógrafa russa Nina Kozoriz). Falando comigo: sou eu pro umbigo, paredes, todos & ninguém – o trâmite da solidão. Cansaço, murro em pontas de facas: o bloco do eu sozinho. Nem um copo d’água, nem mão estendida, nenhuma: tudo é noite ao meio dia, noitedia. Muito desespero, falta de imaginação, tudo é um ermo caleidoscópico: estrídulos – sirenes, anúncios, manchetes, fotos, excrescências, algaravias: o espetáculo. Sou espectador, hipereu inflado: fazem por mim, faço de conta. Nem oito, nem oitenta: zeros, uns e tudo. Sou envolvido por um mar silencioso que não é mar nem silêncio: simulações para o hiper-real, interconexões voláteis que se desplugam na instantaneidade: desconexões. São opções zis de nada, nem entendo o caos: do contra ou a favor, angustias, temores, incertezas. Só a hipnose enquadrada: o vazio que se realiza em festa e fascínio, no contra-sentido da existência – o luxo de marca, poder e prestígio: os signos. E quase nem sou eu, sou quase-eu, até nem-eu com interrogações fúteis que não dizem o que será de mim mesmo: sou no meio da boiada consensual e muda, rotulada, neutralizada, esvaziada, levada pela delírio do insignificante e superficial, misturado ao que fede e o que cheira. Nem eu mais, destruído por mim mesmo. Só me resta ir pra janela, espiar ao redor e as imediações pra constatar que vivo você: o devir-eu, um. (Luiz Alberto Machado). Veja mais aqui.

 Expectation, de Nina Kozoriz
Veja mais aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.


Veja mais sobre:
Imprensa Brasileira aqui e aqui.

E mais:
As pernas no Cinema & o Seminário – A relação do objeto, de Jacques Lacan aqui.
As pernas de Úrsula de Claudia Tajes & Mil Platôes de Gilles Deleuze & Félix Guattari aqui.
Marlene Dietrich & Hannah Arendt aqui.
Diálogos sobre o conhecimento de Paul Feyerabend & a poesia de Lilian Maial aqui.
As pernas da repórter Gracinaura aqui.
A tragédia humana de Imre Madách, a música de Pierre Rode, o cinema de Robert Joseph Flaherty, a pintura de Franz West, a arte de Vera Ellen & Anne Chevalier & Sarah Clarke aqui.
Educação, orientação e prevenção do abuso sexual aqui.
Segmentação do mercado na área de serviços aqui.
Das bundas & outros estudos bundológicos aqui.
Aristóteles, Rachel de Queiroz, Chick Corea, Costa-Gavras,Aldemir Martins, Teresa Ann Savoy, José Terra Correia, Fernando & Isaura, Combate à Corrupção & Garantismo Penal aqui.
Presente dela todo dia e o dia todo aqui.
O caboclo, o padre e o estudante, Lendas Nordestinas & Luiz da Câmara Cascudo aqui.
As obras de Gandhi & Programa das Crianças aqui.
Os lábios da mulher amada aqui.
Ritual do prazer aqui.
Funções do superego e mecanismos de defesa aqui.
Memória e esquecimento aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Art by Roberto Remiz
Veja Fanpage aqui & mais aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja os vídeos aqui & mais aqui e aqui.



OSMAN LINS, HÖLDERLIN, EDWARD SAID, CHAMISSO, BASQUIAT, RAYMOND ELSTAD & BIRITOALDO

MAS O QUE É QUE É ISSO, MINHA GENTE? - Imagem: arte do grafiteiro e artista visual estadunidense Jean-Michel Basquiat (1960-1988) - Jerry...