quarta-feira, agosto 06, 2014

O TEATRO DA ESPONTANEIDADE E PSICODRAMA



O TEATRO DA ESPONTANEIDADE – A obra O teatro da espontaneidade, de Jacob Levy Moreno (1892-1974), aborda temas como a influencia da espontaneidade no drama moderno e psicodrama, ideia fixa, lugar e significação do self, dimensões e futuro do sel do homem, origem do teatro, analise do teatro legitimo e a categoria do momento, teatro do conflito, teatro no palco e teatro de plateia ou grupo, participação da audiência e diretor de audiência, drama da audiência, o metateatro, estrutura arquitetônica, elenco, as duas meta zonas, metapraxis, dramaturgia experimental, principio, direção de produção, teste de espontaneidade, ciência das formas, diferente analítica entre o ator de espontaneidade e o ator dramático, ato criativo, estado de espontaneidade, caráter duplo do estado de espontaneidade, status nasciendi e ideia de perfeição, dramaturgia e criaturgia, patologia do trabalho de espontaneidade, drama-máquina e o principio da espontaneidade, ciência das relações interpessoais, técnicas para o ator individual e ação interpessoal, principio de liderança no role playing, espaço e movimento, técnica de um desempenho dramático totalmente espontâneo, sistemas de comunicação, ciência da apresentação, panos de fundo, máscaras, preparação, direção, aplicações, programa de peças, jornal vivo, improvisação e drama espontâneo, temas principais da educação da espontaneidade, linguagem legitima e ilegítima, catarse mental e cura, teatro terapêutico, Goethe e o psicodrama, entre outros importantes assuntos.

REFERÊNCIA
MORENO, Jacob Levy. O teatro da espontaneidade. São Paulo: Summus, 1984.


PSICODRAMA – A obra Psicodrama, de Jacob Levy Moreno, trata do berço do psicodrama, antecedentes históricos e ideia de catarse total, origens do drama terapêutico, filosofia do ato criador, o estado da espontaneidade, o jornal vivo, mundo das crianças, teoria geral da espontaneidade, Helen H. Jennings, o psicodrama na educação, psicodrama experimental, função do direito e do Ego auxiliar, entre outros assuntos.

REFERÊNCIA
MORENO, J. L. Psicodrama. São Paulo: Cultrix, 1978.

PSICODRAMA E NEUROCIÊNCIA - A obra Psicodrama e Neurociência: contribuição para a mudança terapêutica, aborda temas como neuroplasticidade e mudança terapêutica, neurônios-espelho e o espaço intersubjetivo, o conceito de eu em Moreno e a teoria emergentista do eu de Rojas-Bermudes, imagem psicodramática e a técnica de construção de imagens, uso da técnica de construção de imagens na clinica psicodramática, construção de imagens com tecidos (CIT) em psicoterapia psicodramática bipessoal e nas organizações, construção de imagens em grupo com pacientes psicóticas, psicodrama transformador na mudança terapêutica, entre outros assuntos.

REFERÊNCIA
FLEURY, Heloisa; KHOURI, Georges; HUG, Edward. Psicodrama e Neurociência: contribuição para a mudança terapêutica. São Paulo: Ágora, 2008.

PSICODRAMA COM CRIANÇAS – A obra Psicodrama com crianças: uma psicoterapia possível, organizada por Camila Salles Gonçalves, aborda temas como faz-de-conta e participação social, implantação do atendimento a crianças, rematrizando a relação pais-filhos, psicoterapia dos papéis de pai e de mãe, psicodrama com crianças, duas sessões com meninas, matriz de identidade e desenvolvimento afetivo-emocional, o som e a fúria dos punks, uma nave contra a monstro do espaço, o avião e a morte, entre outros importantes temas.

REFERÊNCIA
GONÇALVES, Camila (Org.). Psicodrama com crianças: uma psicoterapia possível. São Paulo: Ágora, 1988.

PSICODRAMA NO SÉCULO 21 – A obra Psicodrama no século 21: aplicações clínicas e educacionais, organizada por Jacob Gershoni, reúne diversos autores que abordam temas como o psicodrama e outros métodos, o sistema triádico, sociometria, psicodrama, psicoterapia de grupo, a transferência no psicodrama analítico, a utilização na terapia familiar sistêmica de Bowen, terapia estrutural de família, modelo para grupos de crianças, metáforas para conectar corpo e mente, sinergia entre arteterapia e psicodrama, interligação dos mundos externo e interno, aplicações a diversos grupos, aplicação do psicodrama na vida diária, métodos, sociodrama, sociometria, traumas de terremotos, tratamento de adição e trauma em mulheres, comunidade gay, lésbicas, bissexuais, transgêneros, treinamento e consultoria, educação vivencial, exploração de um ambiente de aprendizagem cooperativa, treinamento de advogados, consultas sistêmicas com clínicos gerais, entre outros assuntos.

REFERÊNCIA
GERSHONI, Jacob (Org.). Psicodrama no século 21: aplicações clínicas e educacionais. São Paulo: Ágora, 2008.

UMA ANATOMIA DO DRAMA – A obra Uma anatomia do drama, de Martin Esslin, aborda temas como definições, delimitações e natureza do drama, a experiência coletiva, o ritual, estilo e caracterização, a estrutura, o vocabulário crítico, tragédia, comédia, tragicomédia, o palco e os meios de comunicação de massa, ilusão e realidade, o drama e a sociedade, a verdade do drama, entre outros importantes temas.

REFERÊNCIA
ESSLIN, Martin. Uma anatomia do drama. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

O SIGNO TEATRAL – A obra O signo teatral: a semiologia aplicada à arte dramática, de Roman Ingarden, Petr Bogatyrev, Jindrich Holzl e Tadeuz Kowzan, trata da semiologia e o espetáculo teatral, as funções da linguagem teatral, os signos do teatro, a mobilidade do signo teatral e o signo no teatro.

REFERÊNCIA
INGARDEN, R.; BOGATYREV, P.; HONZL, J.; KOWZAN, T. O signo teatral: a semiologia aplicada à arte dramática. Porto Alegre: Globo, 1977.

TEORIA E TÉCNICA DA ARTE-TERAPIA – A obra Teoria e técnica da arte-terapia: a compreensão do sujeito, de Sara Païn e Gladvs Jarreau, aborda a arte-terapia sua definição, dimensão antropológica da atividade estética, a subjetiva estética, a utilização da arte com fins terapêuticos, o papel do arte-terapeuta, os espaços e o tempo, a constituição dos grupos, definição psicologia da atividade representativa, os aspectos semióticos, o processo de criação, representação e patologia, psicologia da representação, as técnicas, as marionetes, o fantoche de vara, psicologia da representação pela marionete, as máscaras, entre outros importantes temas.

REFERÊNCIA
PAÏN, S.; JARREAU, G. Teoria e técnica da arte-terapia: a compreensão do sujeito. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.


Veja mais sobre:
O Trabalho da Mulher aqui.

E mais:
Saúde da Mulher aqui.
Kid Malvadeza aqui.
Tzvetan Todorov, Oduvaldo Vianna Filho, Os epigramas de Marcial, Jacques Rivette, Frédéric Chopin & Artur Moreira Lima, Sandro Botticelli, Carmen Silvia Presotto & Egumbigos no país dos invisíveis aqui.
Antonio Gramsci aqui.
Fecamepa, Psicologia Escolar, Sonhoterapia, Direito & Família Mutante aqui.
O Monge & o executivo, Neuropsicologia, Ressocialização Penal &Educação aqui.
Sexualidade na terceira idade aqui.
Homossexualidade e Educação Sexual aqui.
Globalização, Educação & Formação, Direito Ambiental & Psicologia Escolar aqui.
Federico Garcia Lorca aqui.
Aids & Educação aqui.
Sincretismo Religioso aqui.
Racismo aqui.
Levando os direitos a sério de Ronald Dworkin aqui.
Ética & moral aqui.
A luta pelo direito de Rudolf Von Ihering aqui.
Abuso sexual, Sonhos lúcidos, Antropologia & Psicologia Escolar aqui.
Cândido ou o otimismo de Voltaire aqui.
A liberdade de Espinosa aqui.
Cantarau Tataritaritatá: vamos aprumar a conversa aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Veja Fanpage aqui & mais aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja os vídeos aqui & mais aqui e aqui.




DRUMMOND, RIMBAUD, LEMINSKI, MARITAIN, GILVAN LEMOS, JACOB DHEIN, GENÉSIO CAVALCANTI, CARIJÓ & SÃO BENTO DO UNA

CARIJÓ, SÃO BENTO DO UNA – Imagem: Céu de São Bento do Una , de Renatinha @Renatalcaet – Carijó, meu amigo, minhas mãos limpas e esta mis...