terça-feira, julho 29, 2014

CARL GUSTAV JUNG, ARIANO SUASSUNA & PROGRAMA TATARITARITATÁ!


A PSICOLOGIA ANALÍTICA DE CARL GUSTAV JUNG Carl Gustav Jung (1875-1961) é autor da teoria da personalidade denominada de Psicologia Analítica, com enfoque no crescimento interior em lugar do cultivo das relações sociais. Desenvolveu a teoria do Inconsciente Individual, contendo as lembranças, os impulsos, os desejos, as percepções indistintas e outras experiências da vida do individuo suprimidas ou esquecidas, como sendo o local em que se armazena o que em algum momento foi consciente, e do Inconsciente Coletivo que é o nível mais profundo da psique que contem as experiências herdadas das espécies humanas e pré-humanas. As tendências herdadas e armazenadas no Inconsciente Coletivo são os arquétipos que consistem em determinantes inatos da vida mental que levam o individuo a comportar-se de modo semelhante aos ancestrais que enfrentaram situações similares. Os arquétipos que ocorrem com mais fequência são a persona, a anima e o animus, a sombra e o self. Além disso, desenvolveu os conceitos de introversão e extroversão, as funções e atitudes dos tipos psicológicos, entre outros. A NATUREZA DA PSIQUE -  A obra A natureza da psique, de Carl G. Jung (1875-1961), trata da sicronicidade, a função transcendente, considerações gerais sobre a teoria dos complexos, o significado da constituição e da herança para a Psicologia, determinantes psicológicas do comportamento humano, instinto e inconsciente, a estrutura da alma, considerações sobre a natureza do psíquico, aspectos gerais da psicologia do sonho, da essência dos sonhos, o fundamento psicológico da crença nos espíritos, espírito e vida, o problema fundamental da Psicologia Moderna, psicologia analítica e cosmovisão, o real e o supra-real, as etapas da vida humana e a alma e a morte. PSICOLOGIA DO INCONSCIENTE – O livro Psicologia do inconsciente, de Carl G. Jung, trata acerca da Psicanálise, a teoria do Eros, a vontade de poder, o problema dos tipos de atitude,  o inconsciente pessoal e o inconsciente suprapessoal ou coletivo, o método sintético ou construtivo, os arquétipos do inconsciente coletivo, a interpretação do inconsciente e noções gerais da terapia, os novos caminhos da psicologia, os primórdios da psicanálise e a teoria sexual. OS ARQUÉTIPOS E O INCONSCIENTE COLETIVO – O livro Os arquétipos e o inconsciente coletivo, de Carl. G. Jung, aborda questões acerca do conceito de inconsciente coletivo, significado psicológico do inconsciente coletivo, o método de comprovação, o arquétipo com referência especial ao conceito de anima, aspectos psicológicos do arquétipo materno, o complexo materno do filho e da filha, a hipertrofia do aspecto maternal, a exacerbação do Eros, identificação e defesa contra a mãe. MEMÓRIAS, SONHOS, REFLEXÕES – A obra Memórias, sonhos, reflexões, de Carl. G. Jung, trata da infância, anos do colégio e de estudo, atividade psiquiátrica, Sigmund Freud, confronto com o Inconsciente, gênese da obra, a Torre, viagens, África do Norte, os índios Pueblos, Quênia e Uganda, Índia, Ravena e Roma, visões, sobre a Vida depois da Morte, últimos pensamentos, retrospectiva, cartas, Théodore Flournoy, Richard Wilhelm, Heinrich Zimmer, sobre o Livro Vermelho e Septem Sermones ad Mortuos. O HOMEM E SEUS SÍMBOLOS – O livro O homem e seus símbolos, de Carl G. Jung, aborda temas como chegando ao inconsciente, a importância dos sonhos, o passado e o futuro no inconsciente, a função dos sonhos, a análise dos sonhos, o problema dos tipos, o arquétipo no simbolismo do sonho, a alma do homem, a função dos símbolos, curando a dissociação, os mitos antigos e o homem, o processo de individuação, o simbolismo nas artes plásticas, a ciência e o inconsciente. ASPECTOS DO DRAMA CONTEMPORÂNEO – O livro Aspectos do drama contemporâneo, de Carl G. Jung, trata sobre Wotan, depois da catástrofe, a luta com as sombras, o significado da linha suíça no espectro europeu, a aurora de um novo mundo, Keyserling: a revolução mundial e a responsabilidade do espírito. O ESPÍRITO NA ARTE E NA CIÊNCIA – O livro O espírito na arte e na ciência, de Carl G. Jung, trata sobre Paracelso, Sigmundo Freud: um fenômeno histórico-cultural, Em memória de Richard Wilhelm, relação da psicologia analítica com a obra de arte poética, psicologia e poesia, Ulisses & James Joyce: um monólogo, Picasso, entre outros assuntos. ESTUDOS PSIQUIÁTRICOS – A obra Estudos psiquiátricos, de Carl G. Jung, aborda sobre a psicologia e patologia dos fenômenos chamados ocultos, um caso de sonambulismo com carga hereditária, relato das sessões, desenvolvimento das personalidades sonambúlicas, os romances, ciência mística, desfecho, o estado de vigília, o semissonambulismo, os automatismos, a mudança de caráter, atitude perante o ataque histérico, relação com as personalidades inconscientes, transcurso, o aumento do rendimento inconsciente, erros histéricos de leitura, criptomnésia, distimia maníaca – distúrbios de humor na mania, um caso de estupor histérico em pessoa condenada à prisão, sobre a simulação de distúrbio mental, parecer médico sobre um caso de simulação de insanidade mental, vida pregressa, observações na clínica, sobre o diagnóstico psicológico de fatos. ESTUDOS EXPERIMENTAIS – O livro Estudos experimentais, de Carl G. Jung, aborda assuntos como estudos diagnósticos de associações, investigações experimentais sobre associações de pessoas sadias, análise das associações de um epiléptico, o tempo de reação no experimento de associações, observações experimentais sobre a faculdade da memória, psicanálise e o experimento de associações, o diagnóstico psicológico da ocorrência, associação, sonho e sintoma histérico, a importância psicopatológica do experimento de associações, distúrbios de reprodução no experimento de associações, o método das associações, a constelação familiar, pesquisas psicofísicas, sobre os epifenômenos psicofísicos no experimento de associações, investigações psicofísicas com o galvanômetro e o pneumógrafo em pessoas normais e doentes mentais, pesquisas adicionais sobre o fenômeno galvânico, pneumográfico e a respiração em pessoas normais e doentes mentais, dados estatísticos de um recrutamento, novos aspectos da psicologia criminal: uma contribuição ao método empregado no diagnóstico psicológico da ocorrência, os métodos psicológicos de pesquisa utilizados na clínica psiquiátrica de Zurique, exposição sumária da teoria dos complexos, sobre o diagnóstico psicológico da ocorrência. PSICOGÊNESE DAS DOENÇAS MENTAIS – A obra Psicogênese das doenças mentais, de Carl G. Jung, trata da psicologia da dementia praecox: um ensaio, exposição crítica das concepções teóricas sobre a psicologia da dementia praecox, o complexo de tonalidade afetiva e seus efeitos gerais sobre a psique, a influência do complexo de tonalidade afetiva sobre a valência da associação, dementia praecox e histeria: um paralelo, os distúrbios emocionais, anormalidades de caráter, distúrbios intelectuais, a estereotipia, análise de um caso de demência paranoide enquanto paradigma, história clínica, associações simples de palavras, associações contínuas,  a satisfação do desejo, o complexo de lesão, o complexo sexual, o conteúdo da psicose, a interpretação psicológica dos processos patológicos, crítica a E. Bleuler: sobre a teoria do negativismo esquizofrênico, a importância do inconsciente na psicopatologia, o problema da psicogênese nas doenças mentais, doença mental e psique, a psicogênese da esquizofrenia, novas considerações sobre a esquizofrenia. FREUD E A PSICANÁLISE – O livro Freud e a psicanálise, de Carl G. Jung, trata da teoria de Freud sobre a histeria, resposta à crítica de Aschaffenburg, a teoria freudiana da histeria, a análise dos sonhos, contribuição à psicologia do boato, contribuição ao conhecimento dos sonhos com números, a teoria da sexualidade infantil, o conceito de libido, neurose e fatores etiológicos na infância, as fantasias do inconsciente, o complexo de Édipo, a etiologia da neurose, princípios terapêuticos da psicanálise, um caso de neurose infantil, aspectos gerais da psicanálise, questões atuais da psicoterapia, correspondência entre C.G. Jung e R. Loÿ, a importância do pai no destino do indivíduo, divergência entre Freud e Jung. SÍMBOLOS DA TRANSFORMAÇÃO – No livro Símbolos da transformação, Carl G. Jung aborda sobre as duas formas de pensamento, o hino ao Criador, o canto da mariposa, sobre o conceito de libido, a transformação da libido, o nascimento do herói, símbolos da mãe e do renascimento, a luta pela libertação da mãe, a dupla mãe, o sacrifício. TIPOS PSICOLÓGICOS – No livro Tipos psicológicos, Carl G. Jung trata sobre o problema dos tipos na história do pensamento antigo e medieval, a psicologia na antiguidade, Tertuliano e Orígenes, as disputas teológicas na Igreja Antiga, o problema da transubstanciação, nominalismo e realismo, o problema dos universais na antiguidade, o problema dos universais na Escolástica, tentativa de conciliação de Abelardo, a controvérsia entre Lutero e Zwínglio sobre a ceia, as ideias de Schiller sobre o problema dos tipos, as cartas sobre a educação estética do homem, a função superior e inferior, sobre os instintos fundamentais, sobre a poesia ingênua e sentimental, a atitude ingênua, a atitude sentimental, o idealista e o realista, o apolíneo e o dionisíaco, o problema dos tipos no conhecimento das pessoas, considerações gerais sobre os tipos em Jordan, apresentação específica e crítica dos tipos de Jordan, a mulher introvertida, a mulher extrovertida, o homem extrovertido, o homem introvertido, o problema dos tipos na arte poética, Prometeu e Epimeteu  de Carl Spitteler, a tipificação de Spitteler, comparação do Prometeu de Spitteler com o de Goethe, o significado do símbolo de união, a concepção bramanista do problema dos opostos, a concepção bramanista do símbolo de união, o símbolo de união como norma dinâmica, o símbolo de união na filosofia chinesa, a relatividade do símbolo, culto à mulher e culto à alma, a relatividade do conceito de Deus em Mestre Eckhart, a natureza do símbolo de união em Spitteler, o problema dos tipos na psicopatologia, o problema das atitudes típicas na estética, o problema dos tipos na filosofia moderna, os tipos de James, os pares de opostos característicos dos tipos de James, crítica à concepção de James, o problema dos tipos na biografia, descrição geral dos tipos, a atitude geral da consciência, a atitude do inconsciente, as peculiaridades das funções psicológicas básicas na atitude extrovertida, o pensamento, o sentimento, sinopse dos tipos racionais, a sensação, a intuição, sinopse dos tipos irracionais, as peculiaridades das funções psicológicas básicas na atitude introvertida, tipos psicológicos, tipologia psicológica. A ENERGIA PSIQUICA – No livro A energia Psíquica, Carl G. Jung aborda acerca das observações gerais sobre o ponto de vista energético na Psicologia, a  possibilidade da determinação psicológica quantitativa, o sistema subjetivo de valores, a avaliação quantitativa objetiva, a aplicação do ponto de vista energético, o conceito psicológico da energia, a conservação da energia, a entropia, energetismo e dinamismo, os conceitos básicos da teoria da libido, progressão e regressão,extroversão e introversão, o deslocamento da libido, a formação do símbolo, o conceito primitivo de libido. PRESENTE E FUTURO – No livro Presente e futuro, Carl G. Jung, trata sobre a ameaça que pesa sobre o indivíduo na sociedade moderna, a religião como contrapeso à massificação, o posicionamento do Ocidente diante da questão da religião, a autocompreensão do indivíduo, cosmovisão e modo de observação psicológico, o autoconhecimento e o sentido do autoconhecimento. PSICOLOGIA E RELIGIÃO – No livro Psicologia e religião, Carl G. Jung aborda a autonomia do inconsciente, dogma e símbolos naturais, história e psicologia de um símbolo natural. PSICOLOGIA E ALQUIMIA – No livro Psicologia e alquimia, Carl G. Jung faz uma introdução à problemática da psicologia religiosa da alquimia, símbolos oníricos do processo de individuação, o método, os sonhos iniciais, o simbolismo do mandala, os mandalas nos sonhos, a visão do relógio do mundo, os símbolos do si-mesmo, as ideias de salvação na alquimia, os conceitos básicos da alquimia, a atitude espiritual em relação ao opus, meditação e imaginação, alma e corpo, o espírito na matéria, a obra da redenção, a matéria prima, designações da matéria, o increatum, ubiquidade e perfeição, o rei e o filho do rei, o mito do herói, o tesouro oculto, o paralelo lapis-Cristo, a renovação da vida, testemunhos a favor da interpretação religiosa, Raimundo Lulo, o“Tractatus aureus”, Zózimo e a doutrina do Anthropos, Petrus Bonus, a Aurora Consurgens e a doutrina da “Sapientia”, Melchior Cibinensis e a paráfrase alquímica da missa, Georgius Riplaeus, os epígonos, o simbolismo alquímico no contexto da história das religiões, o inconsciente como matriz dos símbolos, as fases do processo alquímico, concepções e símbolos da meta, a natureza psíquica da obra alquímica, a projeção de conteúdos psíquicos, o tema do unicórnio como paradigma, o unicórnio nas alegorias da Igreja, o unicórnio no gnosticismo, o escaravelho unicórnio, o unicórnio nos Vedas, o unicórnio na Pérsia, o unicórnio na tradição judaica, o unicórnio na China, o cálice do unicórnio. ESTUDOS ALQUIMICOS – No livro Estudos alquímicos, Carl G. Jung trata sobre “O segredo da flor de ouro”, por que é difícil para o ocidental compreender o Oriente, a psicologia moderna abre uma possibilidade de compreensão, os conceitos fundamentais, Tao, o movimento circular e o centro, os fenômenos do caminho, a dissolução da consciência, animus e anima, a consciência desprende-se do objeto, a realização (plenificação), as visões de Zósimo, generalidades sobre a interpretação, ato sacrifical, as personificações, o simbolismo da pedra, o simbolismo da água, a origem da visão, Paracelso: um fenômeno espiritual, as duas fontes do saber: a luz da natureza e a luz da revelação, magia, alquimia, doutrina secreta, o homem primordial, De vita longa: uma exposição do ensinamento secreto, o iliastro, o aquastro, Ares, Melusina, o filius regius como substância arcana, o estabelecimento do uno ou centro por destilação, a conjunção na primavera, o mistério da transformação natural, a luz da escuridão, a união das duas naturezas do ser humano, a quaternidade do homo maximus, a aproximação do inconsciente, comentário de Gerardo Dorneo, a melusina e o processo de individuação, o hierosgamos do homem eterno, espírito e natureza, o sacramento da igreja e a opus alquímica, o espírito mercurius, o conto do espírito na garrafa, esclarecimentos sobre a floresta e a árvore, o espírito na garrafa, a relação entre o espírito e a árvore, o problema da libertação de Mercurius, observações preliminares, o Mercurius como mercúrio, ou seja, água, Mercurius como fogo, Mercurius como espírito e alma, Mercurius como espírito do ar, Mercurius como alma, Mercurius como espírito em sentido incorpóreo, metafísico, Mercurius como natureza dupla, Mercurius como unidade e trindade, as relações de Mercurius com a astrologia e com a doutrina dos arcontes, Mercurius e o deus Hermes, o espírito mercurius como substância arcana, a árvore filosófica, representações individuais do símbolo da árvore, contribuições à história e interpretação do símbolo da árvore, a árvore como imagem arquetípica, a árvore no tratado de iodocus greverus, a tetrassomia, sobre a imagem da totalidade na alquimia, sobre a natureza e a origem da árvore filosófica, a interpretação da árvore em Gerardo Dorneo, o sangue rosa e a rosa, o estado de espírito do alquimista, diversos aspectos da árvore, localização e origem da árvore, a árvore invertida, pássaro e serpente, o nume feminino da árvore, a árvore como pedra, a periculosidade da arte, compreensão como meio de defesa, o tema do suplício, a relação do suplício com o problema da conjunção, a árvore como ser humano, interpretação e integração do inconsciente. MYSTERIUM CONIUNCTIONES – No livro Mysterium coniunctiones, Carl G. Jung trata dos componentes da coniunctio (união), os opostos, o quatérnio (grupo de quatro), o órfão e a viúva, alquimia e maniqueísmo, os paradoxa, a substância do arcano e o ponto, a scintilla (centelha),  o enigma bolognese, as personificações dos opostos, Sol, Sulphur (enxofre), Luna (Lua), a A importância da Lua, o cão, allegoria alchymica (alegoria alquímica), a natureza da Lua, Sal, o sal como substância do arcano, o amargor, o Mar Vermelho, o quarto dos três, subida e descida, a viagem pelas casas dos planetas, regeneração na água do mar, interpretação e significado do sal, Rex e Regina, ouro e espírito, a transformação régia, a cura do rei, o lado sombrio do rei, o rei como Ánthropos, a relação do símbolo do rei com a consciência, a problemática religiosa da renovação do rei, Regina, Adão e Eva, Adão como substância do arcano, a estátua, Adão como o primeiro adepto, a natureza contraditória de Adão, o “velho Adão”, Adão como totalidade, a transformação, o redondo – cabeça e cérebro, a conjunção, a concepção alquímica da união dos opostos, etapas da conjunção, a produção da quintessência, o sentido do processo alquímico, a interpretação psicológica do processo, o autoconhecimento, o Monocolus, conteúdo e sentido dos dois primeiros graus da conjunção, o terceiro grau da conjunção: o unus mundus, o si-mesmo e a restrição da parte da teoria do conhecimento, os dois unípedes, a “revelação do oculto”, o poder civil e o eclesiástico, o par régio, a nigredo, o motivo do olho em representação moderna, o motivo do olho em representação moderna, a tradição, as fontes, o problema da datação, os manuscritos, Aurora Consurgens, início do Tratado do Beato Tomás de Aquino: “O surgir da aurora”, o que é a sabedoria, dos que ignoram e negam esta ciência, do nome e do título deste livro, da estimulação dos insensatos, primeira Parábola: da Terra negra, na qual sete planetas criaram raízes, segunda Parábola: do dilúvio das águas e da morteque a mulher introduziu e expulsou, terceira Parábola: da porta de aço e do ferrolho de ferro do cativeiro da Babilônia, quarta Parábola: da fé filosófica, que consiste no número três, quinta Parábola: da casa dos tesouros que a Sabedoria construiu sobre a pedra, sexta Parábola: do céu e do mundo e do lugar dos elementos, sétima Parábola: do diálogo do Amado com a Amada, será Tomás de Aquino o autor de “Aurora Consurgens”?. A PRÁTICA DA PSICOTERAPIA – No livro A prática da psicoterapia, Carl G. Jung trata sobre os problemas gerais da psicoterapia, princípios básicos da prática da psicoterapia, medicina e psicoterapia, psicoterapia e atualidade, o valor terapêutico da ab-reação, a aplicação prática da análise dos sonhos, a psicologia da transferência, a fonte de mercúrio, o rei e a rainha, a verdade nua, a imersão no banho, a coniunctio, a morte, a ascensão da alma, a purificação, o retorno da alma, o novo nascimento. O DESENVOLVIMENTO DA PERSONALIDADE – No livro O desenvolvimento da personalidade, Carl G. Jung trata sobre os conflitos da alma infantil, a importância da Psicologia Analítica para a Educação, o bem-dotado, a importância do inconsciente para a educação individual, da formação da personalidade, o casamento como relacionamento psíquico. A VIDA SIMBÓLICA – No livro A vida simbólica, Carl G. Jung trata sobre os fundamentos da Psicologia Analítica, conferências e discussões, símbolos e interpretação dos sonhos, o sentido dos sonhos, as funções do inconsciente, a linguagem dos sonhos, o problema dos tipos na interpretação dos sonhos, o arquétipo no simbolismo dos sonhos, a função dos símbolos religiosos, a cura da divisão, a vida simbólica (Seminário Guild of Pastoral Psychology), sobre o ocultismo, sobre fenômenos espíritas, psicologia e espiritismo, psicogênese das doenças mentais, o estado atual da psicologia aplicada, sobre Dementia Praecox, um exame da psique do criminoso, a questão da intervenção médica, Freud e a psicanálise, resenhas da literatura psiquiátrica, a importância da teoria de Freud para a neurologia e a psiquiatria, duas cartas sobre psicanálise, sobre a ambivalência (1910), contribuições ao simbolismo (1911), individuação e coletividade (1916), sobre alucinação (1933), a psicologia profunda (1948), cartas sobre sincronicidade, entre outros assuntos. SINCRONICIDADE – O livro Sincronicidade, de Carl G. Jung, trata do princípio de conexões acausais, experimento astrológico, os precursores da sincronicidade e exposição. Veja mais aqui, aqui, aqui e aqui.

REFERÊNCIAS
JUNG, Carl. Obras completas. Petrópolis: Vozes, 1961.
______. A natureza da psique. Petrópolis: Vozes, 1980.
______. A psicologia do inconsciente. Petrópolis: Vozes, 1980.
______. Os arquétipos e o inconsciente coletivo. Petrópolis: Vozes, 2000.
______. Sincronicidade. Petrópolis: Vozes, 2005.
______. O homem e seus símbolos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986,
______. Memória, sonhos, reflexões. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986
______. Aspectos do drama contemporâneo. Petrópolis: Vozes, 1990.
______. O problema psíquico do homem moderno. Petrópolis, Vozes, 1993.
______. Símbolos de transformação. Petrópolis: Vozes, 1986.
______. Psicologia e religião. Petrópolis :Vozes, 1978.


PROGRAMA TATARITARITATÁ – O programa Tataritaritatá que vai ao ar todas terças, a partir das 21 (horário de Brasilia), é comandado pela poeta e radialista Meimei Corrêa na Rádio Cidade, em Minas Gerais. Confira a programação desta terça aquiLogo mais, a partir das 21hs, acontecerá mais uma edição do programa Tataritaritatá Especial Ariano Suassuna, com apresentação de Meimei Corrêa e na programação a voz, a poesia e arte armorial de Ariano Suassuna e Quinteto Armorial. Veja mais aqui.

SERVIÇO:
O que? Programa Tataritaritatá Especial Ariano Suassuna
Quando? Hoje, terça, 29 de julho, a partir das 21hs
Onde? Aqui no blog do Programa Domingo Romântico
Apresentação: Meimei Corrêa

Veja mais sobre:
Inutescência & Maria Luísa Persson aqui.

E mais:
Ulysses Gaze, Eleni Karaindrou & Kim Kashkashian, Tunga & Giuseppe Gioachino Belli aqui.
Steven Pinker & Lou Vilela aqui.
Psicanálise & Roger Cruz aqui.
Nélida Piñon, Oduvaldo Vianna Filho & Júlio Pomar aqui.
O pensamento de Arthur Schopenhauer aqui e aqui.
O cinema de Luis Buñuel aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.
A arte de Andy Warhol aqui e aqui.
Dia Branco, Ítalo Calvino, Isaac Newton, Henrich Heine, Mark Twain, Moisés, John Watson, Meio Ambiente & Programa Tataritaritatá aqui.
As muitas e tantas do Rei Salomão aqui.
Cantiga de amor pra ela & Programa Tataritaritatá aqui.
Haroldo de Campos & Jacques Lacan aqui.
Tempo & Expressão Literária de Raúl Castagnino & Totem e Tabu de Freud aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Art by Ísis Nefelibata
Veja Fanpage aqui & mais aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja os vídeos aqui & mais aqui e aqui.





ARIANO, LYA LUFT, WALLON, AS VEIAS DE GALEANO, FECAMEPA, JOÃO DE CASTRO, RIVAIL, POLÍTICAS EM DEBATE & MANOCA LEÃO

A VIDA NA JANELA – Imagem: conversando com alunos do Ginásio Municipal dos Palmares - Ainda ontem flores reluziam no jardim ornando muros...