terça-feira, outubro 30, 2012

PADRE BIDIÃO E O FIM DO MUNDO



A TEORIA DO FIM DO MUNDO – O padre Bidião foi incomodado na sua renitente ruminação pra concluir o seu Evangelho, pelo desesperado barbeiro Ocride que já havia feito uma merda na virada do ano 2000 – pois, ele achava que o mundo ia se acabar ali -, implorando que o hecatômbico haríolo desse o seu parecer acerca da tragédia de 12 de dezembro de 2012.

- Padre, por favor, a terra vai se acabar? -, interrogou o aflito Ocride genuflexo.

- A vida é uma foda! Assim foi desde antes da Genêsis até ela própria ser a foda fodedora pra dar vida a tudo. Tudo é vivo e vive porque na vida a foda come no centro. Se parar essa fodeção toda, quando a coisa der de caiar imprestável de não mais foder nem sair de cima, aí é o fim do mundo. Tenho dito.

Veja mais do Padre Bidião:





PS: Vem aí o Evangelho Segundo Padre Bidião. Isso é, se o mundo não acabar em dezembro, né?




Veja mais sobre:
Quando Papai Noel foi preso, Henryk Górecki, Demócrito de Abdera, Jane Campion, Alfred Eisenstaedt, Frédéric Bazille, Fernando Fabio Fiorese Furtado, A Comédia, Meg Ryan, A prisão de São Benedito & Luiz Berto aqui.

E mais:
Oniomania & Shopaholic, Píndaro, Mestre Eckhart, Maimônides, Paulo Leminski & Gilton Della Cella aqui.
A depressão aqui.
Ansiedade: elucubrações das horas corridas aqui.
O sabor da princesa que se faz serva na manhã aqui.
Orçamento & Finanças Públicas & os quadrinhos de Sandro Marcelo aqui.
Educação, Professor, Inclusão, Emir Ribeiro & Velta aqui.
A Lei de Responsabilidade Fiscal aqui.
Gilbela, é nela que a beleza se revela aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra: 
 Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.




segunda-feira, outubro 29, 2012

A TRAJETÓRIA DA MULHER



A MULHER NO TEMPO – Há anos pesquiso acerca da trajetória da mulher no tempo e no espaço. Tudo começou em 2000 quando ao iniciar a campanha Todo dia é dia da mulher, tive acesso ao livro O sexo na história, de Reay Tannahill. A partir daí venho dedicando a publicação de textos a respeito da história e das conquistas da mulher no meu blog Crônica de amor por ela. Confira alguns estudos, textos e crônicas abaixo que compreendem a afirmativa veemente de que Todo dia é dia da mulher.
























Veja mais sobre:
O partoril de ponta de rua, Rainer Maria Rilke, Giacomo Puccini, Leucipo de Mileto, Jean-Luc Godard, Maria Callas, Katiuscia Canoro, Anna Karina, Louis Jean Baptiste Igout, Paolo Eleuteri Serpieri & Julia Crystal aqui.

E mais:
Papai noel amolestado, Maceió, José Paulo Paes, Egberto Gismonti, Paulo Leminski, Gerd Bornheim, Ralph Burke Tyree, Marco Vicário, Laura Antonelli, Daryl Hannah, Neurociência & Educação aqui.
O prazer do amor na varada da noite aqui.
Bloomsday, Ulysses & James Joyce aqui.
Sistema Tributário & o cordel de Janduhi Dantas Nóbrega aqui.
A retórica de Reboul, Cultura Popular & Jorge Calheiros aqui.
Gestão do Conhecimento & o Clima Bom de Jorge Calheiros aqui.
Chérie, Ma Chérie & LAM com Gal Monteiro no Programa Vida de Artista aqui.
O catecismo de Zéfiro & O rol da paixão aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra: 
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.


domingo, outubro 28, 2012

EU & ELA A FESTA DO AMOR

EU & ELA A FESTA DO AMOR - I - Toda sexta-feira, meio-dia em ponto, eu bato meu ponto pro que der e vier. Meio dia em ponto, toda sexta-feira eu chego já pronto e o que é o que é. E ela vem de viés com toda surpresa, rompendo a represa de querer mais. É tudo demais e ela só me fascina, jóia excepcional, uma real mina, bailarina de Degas. Ou nua vestal, dançarina de fuá. E eu sentimental com toda destreza arrasto essa presa, astuta indefesa do pito voar. E para empenar tomo a pele e o pulso, a deixo em soluço a gemer de manhar. A se espernear no corpo rendido, eu domino o seu urânio enriquecido pronto pra explodir e eu só pra acudir num bote certeiro, quando vou de matreiro adornar seus quadris. E se faz bela atriz ensaiando sem medo a me ter entre os dedos, a me lamber num enredo de São Paulo a Paris. O que eu sempre quis e me morde abusada, se entope e se engasga entornando o seu mel. Eu adoço seu fel e vou de gandaia com minha azagaia no seu beleléu. Já sou réu condenado a morrer um bocado no meio do céu. Onde ela faz escarcéu, reluta e se esgana, ela goza sacana no maior pitéu. Ao léu a valer, ela não satisfez. E vem tudo de novo pra glória de um rei, ela sabe e eu não sei, o que importa é viver e venha tudo outra vez. IIToda sexta-feira, meio dia em ponto, dá-se o confronto e eu estou nu front de nossa guerra armada. Nua abastada na soberba do seu trono não sabe do pandemônio que vou armar por buruçú com manobras de Sun Tzu num Guevara ressuscitado, pelejando revoltado a revolução libertadora. Ave canora tão linda e indiferente vai saber no de repente com quantos paus se faz canoa. E não à toa no meu solfejo zapatista, meu propósito reformista no seu corpo que é Chiapas. Numa bravata sem acordo de Genebra nem de quebra o de Bogotá, muito menos haverá quem que nos detenha nessa dança tão portenha. E que venha o combinado de Lacandona, pois assim, minha madona, saquearei seu fausto na peleja porque toda riqueza traz um encoberto crime, tudo impune, tudo se exime na maior das sem-gracezas. E com firmeza vou impor minhas vontades devassando a sua propriedade, o seu reino e barricadas, seus motins, suas brigadas, até deixá-la indefesa. E assim seja, com meus mísseis, os meus beijos; e o meu desejo é a munição de peso que agirá sobre tudo o que é defeso, tudo além do bem e do mal. Vou sublevar sua cabeça paraguaia quando suas mãos uruguaias acenderem o meu braseiro. Sou brasileiro com rajadas de jeitinho, bombardeio com carinho e ternura incendiária pra na reforma agrária me apossar da sua mina, toda alma feminina, seu encanto e seu poder. Nada a esconder, não haverá um só esconderijo que o meu membro todo rijo não venha reconhecer. E por vencer com valor e com denodo, aceitarei ser seu todo poderoso, ser seu rei e seu oxossi, tomando a minha posse sobre tudo do vencido. E pro seu castigo vai festejar minha vitória que por ser tão meritória, se renda aos caprichos meus e dê graças a deus no prazer da minha glória. © Luiz Alberto Machado. Veja mais aqui.

PROGRAMA DOMINGO ROMÂNTICO – O programa Domingo Romântico que vai ao ar todos os domingos, a partir das 10hs (horário de Brasilia), é comandado pela poeta e radialista Meimei Corrêa na Rádio Cidade, em Minas Gerais. Confira a programação deste domingo aqui. Na edição deste 28/10 do programa Domingo Romântico, apresentação da radialista e poeta Meimei Correa e produção de Luiz Alberto Machado, conta na sua programação as atrações: Sylvia Plath, Ryan Teague, Mané Garrincha, Ana Cristina César, Chico Anysio,Nelson Cavaquinho & Beth Carvalho, Djavan, Gilberto Gil, Zélia Duncan, Shakira & Ivete Sangalo, Antonio Adolfo & Tibério Gaspar, Os 3 Morais, Claudio Nucci & Felipe Cerquize, Mano Melo & Mu Chebadi, Elza Soares & Chico Buarque, Bruno Vinci, Trovadores Urbanos, Carlos Silva, Jessier Quirino, Nei Duclós & Muts Weyrauch, Simone Spoladore, Fidélia Cassandra, Rosana Simpson,  Ava Araujo, Tulipa Ruiz, Artur Gomes e Reubes Pess, Cambada Mineira, Moacir Franco, Bonny, Ozi dos Palmares, Paulynho Duarte, Jorge Medeiros, Carlos Pitanga, Ju Mota, Ney Moraes, TV Pirata, Ghostworkers, Humor Mix, tudo isso muito mais!! Veja mais aqui.

E muito mais veja nas outras edições do programa aqui.




Veja mais sobre:
Ginofagia aqui, aqui e aqui

E mais:
O presente na festa do amor aqui.
Primeiro encontro, a entrega quente no frio da noite aqui.
Primeiro encontro: o vôo da língua no universo do gozo aqui.
Ao redor da pira onde queima o amor aqui.
Por você aqui.
Moto perpétuo aqui.
O uivo da loba aqui.
Ária da danação aqui.
Possessão Insana aqui.
Vade-mécum – enquirídio: um preâmbulo para o amor aqui.
Eu & ela no Jeju Loveland aqui.
O flagelo: Na volta do disse-me-disse, cada um que proteja seus guardados aqui.
Big Shit Bôbras aqui.
A chupóloga papa-jerimum aqui.
Educação Ambiental aqui.
Aprender a aprender aqui.
Crença: pelo direito de viver e deixar viver aqui.
É pra ela: todo dia é dia da mulher aqui.
A professora, Henrik Ibsen, Lenine, Marvin Minsky, Columbina, Jean-Jacques Beineix, Valentina Sauca, Carlos Leão, A sociedade da Mente & A lenda do mel aqui.
Educação no Brasil & Ensino Fundamental aqui.
Bolero, John Updike, Nelson Rodrigues, Trio Images, Frederico Barbosa, Roberto Calasso, Irma Álvarez, Norman Engel & Aecio Kauffmann aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra: 
 Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.



DRUMMOND, RIMBAUD, LEMINSKI, MARITAIN, GILVAN LEMOS, JACOB DHEIN, GENÉSIO CAVALCANTI, CARIJÓ & SÃO BENTO DO UNA

CARIJÓ, SÃO BENTO DO UNA – Imagem: Céu de São Bento do Una , de Renatinha @Renatalcaet – Carijó, meu amigo, minhas mãos limpas e esta mis...