segunda-feira, outubro 27, 2008

BELEZA É MESMO FUNDAMENTAL?



Ilustração:Sacanagens ilustradas, de Nik.


BELEZA? – Disse o poetinha Vinicius de Morais: “Que me desculpem as feias, mas beleza é fundamental”. Será? Sem querer contraditar o poetinha, meto meu bedelho: considerando o conceito estético de beleza bastante relativo, parcial, duvidoso, munganguento e de acordo com a vesguice ou desprendimento do freguês, - que me perdoem as gostosonas, saradas, tigronas, amostradas, peruas, atravessadas, pernudas e ineivadas, bundudas e equipadas, quartudas e debandadas, televisivas e acavaladas, chuteirosas e atarracadas, grifosas e enervadas, gasolinosas e plastificadas, BBBosas e estuporadas, globosas e avoadas, galegas-de-farmácia e oxigenadas, denorex e plugadas, jumentas e amalucadas, lôra-burra e alienadas, misses e etiquetadas, mocréias e invocadas, catraias e taradas, dragonas e sintonizadas, quengas e granadas, belezuras e falsificadas, trambolhos e indignadas, barangas e esculhambadas, trubufus e desaforadas, santinhas e endemoninhadas, sonsas e labiadas, piniqueiras e aluadas, jaburus e patenteadas, trem-virado e liberadas, barba-azul e ancafifadas, Amélias e adulteradas, vitalinas e purpurinadas, glamourosas e sarrabuiadas, beatas e enferrejudas, tinhosas e enviuvadas, chatas e coradas, tranca-rua e bronzeadas, beldades e imaculadas, celebridades e casadas, cabulosas e esfaimadas, encrenqueiras e jubiladas, lobas e imaculadas, modelos e malamadas, aborrecentes e entronizadas, entendidas e debandadas, tímidas e assanhadas, balzaqueanas e liberadas -, enfim, pra mim beleza é um conjunto de fatores que envolve desde conteúdo interior, elegância, simpatia e compreensão, bem como de tantas outras habilidades e formosura que vão além do que possa caber na nossa santa ingrezia, bastando, por fim, dizer que existe gosto para tudo!




Então, deixo o questionamento para os marmanjos, badamecos, meninos, mequetrefes, biltres, perueiros, velhos safados e afins, toda cambada biriteira, raparigueira, pitaqueira e amundiçados para colocarem a venta e darem seus palpites a respeito. Todos estão convocados a mexer a caçarola da discussão ou, até mesmo, azedarem o angu com seus despropósitos.




Vem aí a eleição da Musa Tataritaritatá do Ano/2008. Aguarde.


Veja mais sobre:
Jung & Holística, André Malraux, Leilah Assumpção, Haroldo Marinho Barbosa, Antonín Mánes, Coletivo Chama, Viúvas de marido vivo, Maria de Fátima Monteiro, Pedro Cabral Filho & Goretti Pompe aqui.

E mais:
Quintal dos milagres aqui e aqui.
Cordel Aos poetas clássicos, de Patativa do Assaré aqui.
A poesia de Clauky Boom aqui.
Moro num pais tropicaos, de Marcio Baraldi aqui.
Cordel Eu vi o brasí jogá, de Zé Brejêro aqui.
As olimpíadas do Fecamepa aqui.
A arte de Ana Luisa Kaminski aqui.
 

CRÔNICA DE AMOR POR ELA


 Leitora parabenizando o Tataritaritatá!
Veja aqui e aqui.



CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
 Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.



ERNESTO SÁBATO, EDWIGES DE SÁ PEREIRA, MARIA FIRMINA DOS REIS, ADMAURO, LUCIAH, FENELON & PNTANDO NA PRAÇA

PINTANDO NA PRAÇA - Manhã ensolarada de sábado, nuvens em trânsito e chuva passageira para amainar o calor, olhares dispersos, muita conve...